A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/11/2014 10:14

Reformada, escola pretende retomar clube de ciências no Santo Amaro

Kleber Clajus e Leonardo Rocha
Unidade teve investimento superior a R$ 1,8 milhão em reforma e ampliação da estrutura física (Foto: Marcelo Calazans)Unidade teve investimento superior a R$ 1,8 milhão em reforma e ampliação da estrutura física (Foto: Marcelo Calazans)
Governador disse em evento ter reformado 270 escolas e entregue 36 novas unidades (Foto: Marcelo Calazans)Governador disse em evento ter reformado 270 escolas e entregue 36 novas unidades (Foto: Marcelo Calazans)

Após reforma que ampliou número de laboratórios científicos e de informática, a Escola Estadual Arlindo de Andrade Gomes pode ter retomado histórico clube de ciências, no Bairro Santo Amaro, em Campo Grande. O investimento na unidade foi superior a R$ 1,8 milhão e integra pacote de 270 escolas reformadas durante a gestão do governador André Puccinelli (PMDB).

No local foram implantados quatro laboratórios científicos, dois tecnológicos e uma biblioteca, além da reforma de banheiros, refeitório, cozinha, telhado e salas de aula. As intervenções, com recurso do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e R$ 700 mil de contrapartida estadual, totalizam R$ 1.863.464,09.

“O Estado precisa fazer sua parte que é dar condições através de estrutura, uniformes, material escolar e premiação aos melhores alunos. Temos 365 escolas estaduais e destas fizemos reforma em 270, algumas deixamos para o final porque resta apenas alguns retoques, como pintura”, comentou o governador, que ainda disse ter inaugurado 36 escolas novas, sendo 11 em aldeias indígenas, além de ter entregue 64 bibliotecas digitais.

Miguel Gomes Filho, diretor da escola, ressaltou que a reforma ocorre no ano em que a unidade completa 41 anos e as mudanças devem refletir em melhora do ensino, autoestima dos alunos e da comunidade escolar. Ele também explicou que, para o próximo ano, se estuda o retorno de clube de ciência iniciado em 1988, mas que está desativado desde 2000. Durante seu funcionamento, sob coordenação do professor Ivo Leite Filho, o projeto conquistou prêmio nos Estados Unidos e desenvolveu pesquisas sobre os poluentes no Lago do Amor.

Para o deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), o investimento realizado na escola termina ciclo de trabalho, onde a educação teve lugar de destaque. O peemedebista lembrou ainda que muitos candidatos falam de educação na campanha, mas poucos conseguem transformar teoria em prática e que “Mato Grosso do Sul é o Estado que mais investe no país, em termo percentuais, em estrutura das escolas, qualidade do ensino e até premiação dos alunos”.

Já o vereador Eduardo Romero (PT do B), que representou a Câmara Municipal no evento, frisou que a marca deixada pela gestão de André Puccinelli foi justamente o “cuidado de além de investir na parte pessoal, também se preocupar com a parte estrutural [das escolas]”.

Homem é baleado nas costas enquanto caminhava na 14 de Julho
Jovem de 23 anos foi baleado nas costas enquanto caminhava na Rua 14 de Julho, no Bairro Cabreúva, em Campo Grande. Hugo Vinícius Crisanto de Lima fo...
Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions