A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

17/07/2011 11:29

Região do Estrela Dalva recebe ação de cidadania neste domingo

Nadyenka Castro

Evento é no campo de futebol

Ação tem também diversão para as crianças. (Foto: Divulgação)Ação tem também diversão para as crianças. (Foto: Divulgação)

Moradores de 11 bairros na região do bairro Estrela Dalva, em Campo Grande, recebem neste domingo a 5ª edição da ação de cidadania do Programa Indústria Ativa.

Até às 17 horas serão oferecidos serviços de saúde, educação, lazer, cultura, qualificação profissional e apoio ao micro e pequeno empresário realizados pelo Sesi, Senai, Sesc, Senac e Sebrae.

A meta é atender 2,5 mil pessoas dos bairros Estrela Dalva I, II e III, Jardim Arco-Íris, Jardim Futurista, Danúbio Azul, Bosque da Esperança, Taquaral Bosque, Jardim Montevidéu, Jardim Tainá e do grande Novos Estados.

A abertura da ação foi feita pelo presidente da Fiems, Sérgio Longen, e pelo presidente da Fecomércio, Edison Araújo.

Segundo Sérgio Longen, a ação de cidadania serve também para a coleta das pré-inscrições nos cursos gratuitos de qualificação profissional disponibilizados pelo Sesi, Senai, Sesc e Senac para os moradores da região.

“Esse é o nosso desafio, buscar mão de obra para ser capacitada e atender a demanda da indústria e do comércio. Esperamos que, até o fim do ano, tenhamos 5 mil pessoas qualificadas profissionalmente em Campo Grande”, informou, agradecendo a parceria com as lideranças comunitárias na divulgação do Programa junto aos moradores das diversas regiões por onde a ação já passou.

Ele lembro que o Indústria Ativa Campo Grande já foi realizada na região do Dom Antônio Barbosa (12/03), com 3.123 pessoas e 14.583 atendimentos, do grande Los Angeles (03/04), com 2.116 pessoas e 4.993 atendimentos, do Jardim Noroeste (10/04), com 1.886 e 2.976 atendimentos, e do Nova Lima, com 11.169 pessoas e 45.067 atendimento.

Para Edison Araújo, essas ações do Sistema Fiems tem levado aos bairros, além da cidadania, cursos profissionalizantes gratuitos para atender a demanda da indústria e, agora, também do comércio.

“Com os novos empreendimentos instalando-se na Capital, precisamos de 12 mil trabalhadores apenas para o comércio. Por isso, a Fecomércio é parceira da Fiems nessa ação de qualificação profissional, queremos somar a essa iniciativa pelo desenvolvimento do Estado”, pontuou.

Lideranças- Para o presidente da Associação dos Moradores do Jardim Arco Íris , pastor Anderson Lopes, a iniciativa da Fiems em realizar o Indústria Ativa Campo Grande na região do Estrela Dalva é muito importante para a população.

“As pessoas estão em busca dos cursos de qualificação e de informações para melhoria da saúde, são serviços que a população precisa e todos estão felizes porque a Fiems se dispôs a trazer essas informações”, disse.

Já o presidente da Associação dos Moradores do Bairro Taquaral Bosque, Antônio Charupá, destacou que os bairros da região periférica da região do grande Estrela Dalva necessitam dos serviços disponibilizados pela Fems.

“Algumas pessoas não têm nem sequer o vale transporte para ir atrás de cursos, por isso nós agradecemos o doutor Sérgio por esta iniciativa”, pontuou.

Na avaliação do presidente da Associação de Moradores do Bairro Estrela Dalva III, Carlito Prado, a população do bairro e adjacências está contente por ter sido lembrada.

“O presidente da Fiems disse que realizaria o evento aqui e cumpriu a promessa”, reforçou. O presidente da Associação de Moradores do Bairro Bosque da Esperança, Edson Barros, pontuou que, além dos serviços oferecidos, o evento proporciona o envolvimento social da população.

“As pessoas se sentem lembradas, incluídas começam a fazer parte da sociedade. Este é o sentimento, por isso só tenho a agradecer ao presidente da Fiems, Sérgio Longen”, declarou.

Beneficiados - A técnica responsável pela área de responsabilidade social do Sesi, Rozane Leite Pereira, garante que a expectativa é atender 2,5 mil pessoas neste domingo na região do Estrela Dalva. Esse é o caso da cabeleireira Lúcia Mansilha, 57 anos, que pretende fazer o curso gratuito de costura industrial do Senai.

“Quero trabalhar em uma indústria para dobrar a minha renda, que hoje chega a R$ 200”, disse, completando que também pretende, após ser formar, ajudar projeto social que confecciona roupas para grávidas adolescentes.

Já o eletricista Emir Mendes, 36 anos, pretende aperfeiçoar-se na área para obter uma melhor colocação no mercado de trabalho. “Cheguei ontem de Bela Vista e fiquei sabendo da ação de cidadania. Não poderia perder essa oportunidade para melhorar de vida”, pontuou.

A estudante Rocienne Silva Delatorre, 14 anos, vai aproveitar a ação de cidadania para fazer um consulta odontológica. “Sempre que preciso ir ao dentista tenho de ir ao posto de saúde, mas hoje quero fazer a consulta aqui, pois no posto demora muito o atendimento”, informou.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions