ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Região do Segredo começa mutirão contra a dengue com 12,8 mil imóveis na rota

Conforme a Sesau, 300 agentes de saúde vão trabalhar na ação durante 15 dias

Por Izabela Cavalcanti e Clara Farias | 29/05/2024 09:45
Lançamento da 5ª etapa do mutirão contra a dengue, na Escola Municipal Licurgo de Oliveira Bastos (Foto: Clara Farias)
Lançamento da 5ª etapa do mutirão contra a dengue, na Escola Municipal Licurgo de Oliveira Bastos (Foto: Clara Farias)

A Prefeitura de Campo Grande iniciou, nesta quarta-feira (29), a 5ª etapa da operação “Meu Bairro Limpo – Todos em Ação contra a Dengue” na região do Segredo.

Conforme mapeamento feito pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) foram identificadas 12,8 mil casas na região, em sete bairros. A meta da equipe é visitar o máximo de imóveis deste total durante 15 dias, contando com a ajuda de 300 agentes de saúde.

O lançamento ocorreu na Escola Municipal Licurgo de Oliveira Bastos para aproveitar as crianças matriculadas a levarem informações para dentro de casa.

Nesta 5ª etapa terão dois locais de descarte na região do Segredo: Rua Dálas, n° 241, Jardim Anache; e no Coronel Antonino, quadrilátero entre as ruas Albatroz e Pavão.

A secretária municipal de Saúde, Rosana Leite de Melo, enfatiza a importância do trabalho em conjunto.

“É um trabalho que é contínuo, tem que ser feito diariamente, e a gente conta com a colaboração da população para que tenha maior efetividade neste tipo de ação. É fundamental que a população esteja engajada, esteja consciente da importância de cada um fazer a sua parte, considerando que os levantamentos da Coordenação de Vetores apontam que cerca de 70% dos focos ainda são encontrados dentro das residências, por isso que é fundamental que a população colabore nesse sentido”, pontuou.

Ainda de acordo com Rosana, já foram inspecionados 40,5 mil imóveis nas quatro etapas anteriores.

“Esse trabalho é fundamental para que a gente consiga fazer essa contenção de casos. Diferente de vários outros estados e municípios do País, Campo Grande mantém níveis baixos de notificações de dengue e isso é resultado do trabalho que vem sendo executado pela Secretaria de Saúde através da Coordenadoria de Controle de Vetores e os agentes de combate a endemias”, acrescentou.

A expectativa é que mais de 50 mil imóveis sejam visitados até o final de todo o mutirão, incluindo as sete regiões de Campo Grande.

Conforme informações da Sesau, Campo Grande já registrou 8.353 notificações de dengue. Os bairros com risco muito alto de focos do mosquito, são: Los Angeles, Noroeste, Caiobá, Centenário, Nova Campo Grande, Núcleo Industrial, Lageado e Parati.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias