ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 21º

Capital

'Resultado da curva descendente', diz prefeito sobre permissão para eventos

Eventos deverão obedecer várias normas de biossegurança e deverão acontecer com 50% da capacidade do espaço de realização

Por Nyelder Rodrigues | 14/09/2020 20:30
Prefeito destaca trabalho para reduzir média móvel da covid-19 (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Prefeito destaca trabalho para reduzir média móvel da covid-19 (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

A liberação para o retorno de eventos como shows, sessões de cinema e uso da área comum de clubes de Campo Grande só foi possível graças à recente queda média móvel de contágio da covid-19, explica o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD).

"A média móvel atingiu uma curva descendente e chegamos a uma estabilidade, podendo assim fixar prazos para os eventos assim como fixamos para as escolas", frisa o prefeito. A reabertura foi definida em reunião nesta segunda-feira (14).

Participaram do encontro, que acontece todas as segundas-feiras, MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), Defensoria Pública, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), CDL (Câmara de Dirigentes Logistas), Vigilância Sanitária, Acicg (Associação Comercial de Campo Grande), entre outras entidades. Ao todo, são 30 membros.

"Estiveram todos aqueles que nesses mais de seis meses de pandemia vem discutindo semanalmente a curva de contágio da covid-19 e tomando as melhores decisões possíveis para a nossa cidade", completa Marquinhos, destacando também que caso haja alguma mudança na curva de contágio, mudanças nos decretos também podem ocorrer.

Contudo, o prefeito crê que a situação seguir dentro de uma estabilidade nas próximas semanas e isso possibilite a retomada do cotidiano local. "Somos uma das cidades com menor perda de empregos e acredito que essa é mais uma medida de recuperação. Vamos evitar demissões e ainda estimular que hajam mais contratações".

Decreto - O decreto publicado nesta segunda-feira (14) em edição extra do Diário Oficial revoga trechos de outro decreto, de 17 de abril, em que constam sessões de cinemas, bailes, shows, festas em casas noturnas, boates, casas de eventos e similares, além de atividades relacionadas aos clubes de lazer, como até então vetados.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Luiz Eduardo Costa, apesar de não constar no documento a data a qual o retorno poderá ocorrer - dando a entender que é imediato, já que sua validade é o dia 15, esta terça-feira -, o prazo para liberação dos eventos citados é o dia 28.

Além deles, também poderão voltar obedecendo as normas de biossegurança os playgrounds e espaço kids dos estabelecimentos que estejam permitidos o funcionamento. Porém, tais espaços em condomínios residenciais seguem vetados, conforme o decreto.

Daqui duas semanas, a situação das escolas de nível Fundamental, faculdades, cursos preparatórios e similares voltará a ser discutida entre prefeitura e os demais membros do grupo de decisões sobre a liberação de atividades da covid-19 em Campo Grande. Outra atividade será analisado ainda são as competições esportivas.