A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/02/2011 20:34

Reunião com Agência Regulatória deve definir nova tarifa de ônibus

Fabiano Arruda

Novo valor da tarifa em Campo Grande pode chegar a R$ 2,80

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), deve se reunir na próxima sexta-feira com a Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos e Delegados para discutir a nova tarifa de ônibus na Capital. A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também deve participar do encontro.

A nova tarifa poderia girar entre R$ 2,70 e R$ 2,80. Segundo informações do vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB) ao Campo Grande News, o custo pode chegar a R$ 2,80, se foram levados em conta itens como “preço de pneus, combustível, manutenção de veículo e aumento de salário para os trabalhadores”.

A composição da tarifa é baseada em estudo elaborado pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Segundo o vereador Mário César (PPS), que se reuniu nesta terça-feira com o prefeito, para discutir, segundo ele, “assuntos da base” na Câmara Municipal, Trad ainda não sabe qual será o novo valor.

O chefe do executivo municipal já chegou a afirmar que o “aumento não será abusivo”.

A assessoria de imprensa da Prefeitura declarou que o prefeito pode apenas “sugerir” um valor, e que a decisão final cabe à Agência Municipal de Regulação.

O preço do passe de ônibus em Campo Grande é de R$ 2,50 para as pessoas que pagam em dinheiro e R$ 2,30 para pagamento com o cartão temporal.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


É uma vergonha uma tarifa de ônibus tão cara quanto a nossa. Também são tantos os benefícios que NÓS pagamos, que acaba por encarecer o valor do transporte. Não adianta nada aumentar o valor do salário, se aumenta o preço de outras coisas. Enquanto temos que pagar um absurdo para podermos nos locomover, por meio do transporte coletivo, presidentes de bairro, militares, entre outros, tem a concessão de utilizarem os ônibus gratuitamente. Um absurdo, por que devido a essas "concessões" é que pagamos um valor alto. Prefeito ao invés de encarecer o PASSE, repense nesses "BENEFÍCIOS" desnecessários aí.
 
Mary Freire em 16/02/2011 09:01:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions