A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/03/2014 16:32

Rixa de mulheres termina com homem assassinado no bairro Campo Nobre

Viviane Oliveira e Kleber Clajus
Jhonatan morreu no local do crime. (Foto: Kleber Clajus) Jhonatan morreu no local do crime. (Foto: Kleber Clajus)

Uma rixa envolvendo a auxiliar de cozinha Jéssica Alves de Souza e Débora Tainara da Silva Pinto, as duas de 22 anos, terminou com a morte do auxiliar de pedreiro Jhonatan Daniel da Silva, 28. O crime ocorreu no inicio da tarde deste domingo (2), na Rua Cláudio Coutinho, no Jardim Campo Nobre, em Campo Grande.

O acusado pelo assassinato é o esposo de Débora, o serralheiro Diego Barbosa de Souza, 22. A vítima era marido de Jessica e foi morto com seis facadas e um tiro no braço.

A briga das duas mulheres existe desde 2009 e Débora, que é prima de Jhonatan, tem, inclusive, uma medida protetiva contra Jéssica. Não foi informado o motivo da rixa. 

Na noite de ontem, Jéssica e o marido chegaram em um bar que fica na rua da casa de Débora. As duas iniciaram uma discussão e Débora chegou a riscar o braço de Jéssica com a ponta de uma faca. Ela foi para o posto de saúde e levou alguns pontos no braço.

Hoje a briga continuou, quando o casal foi até a casa de Débora. Só que desta vez, Jhonatan estava armado com um revólver. Diego percebeu e pegou uma faca para se defender, momento em que os dois começaram a brigar. A vítima chegou a atirar, mas a arma falhou.

A confusão se estendeu para a rua, quando a arma de Jhonatan caiu e ele acabou contido. Sua mulher também tentou se defender , mas o tiro não acertou ninguém.

No entanto, Jhonatan levou a pior. Ele acabou morto por Diego, que após o crime fugiu com o carro da família. “Ela brigou com todo mundo da família, não tem pêsames ele veio decidido para matar”, finaliza Débora.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions