ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Saiba onde obter vacina contra a gripe nesta semana na Capital

Unidades básicas terão autonomia para organizar a aplicação do imunizante

Por Gustavo Bonotto | 05/05/2024 20:18
Mulher recebe dose do imunizante em unidade básica de saúde. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Mulher recebe dose do imunizante em unidade básica de saúde. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Para dar sequência a imunização contra a gripe, a Prefeitura de Campo Grande oferta a aplicação da vacina em 55 unidades básicas de saúde localizadas nas sete regiões da Capital.

De acordo com a nota enviada à imprensa, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) abre as salas de vacina das 7h30 às 11h, com retorno das 13h às 16h45. No entanto, com a ampliação do público-alvo, cada unidade terá a autonomia para administrar a distribuição do imunizante. Algumas delas poderão optar, por exemplo, pela distribuição de senhas.

As vacinas contra a influenza são trivalentes, produzidas pelo Instituto Butantan e distribuídas para toda a rede pública de saúde. A composição varia anualmente conforme as cepas do vírus predominantes. Em 2024, o imunizante carrega três tipos de cepas de vírus combinadas: A (H1N1); A (H3N2) e B (linhagem B/Victoria).

O reforço da vacina contra a covid-19 também estará disponível para aqueles que finalizaram o esquema primário e têm pelo menos 12 anos de idade. Além disso, indivíduos com 18 anos ou mais que completaram o mesmo período após receber o primeiro reforço já estão aptos para receber o segundo.

Unidades abertas - Na região do Anhanduizinho, o imunizante está disponível nas unidades: Dona Neta, Alves Pereira, Cohab, Mário Covas, Paulo Coelho, Macaúbas, Iracy Coelho, Aero Rancho, Aero Rancho Granja, Parque do Sol, Dom Antônio, Botafogo, Nova Esperança. Jockey Clube, Aero Rancho IV, Pioneira e Anhanduí.

Já os moradores da região Segredo podem buscar as unidades: Coronel Antonino, Nova Lima, São Francisco, Presidente, Estrela do Sul, Vida Nova, Vila Nasser, José Abrão, Azaleia, Paradiso, José Alves e Vila Cox.

No Centro, as unidades 26 de Agosto, Carvalho e Corumbá também aplicam as doses da vacina. A região Prosa oferece nas salas do Noroeste, Maracá, Mata do Jacinto, Nova Bahia e Estrela Dalva.

Por fim, pais e responsáveis das regiões Bandeira/Lagoa podem levar seus filhos até as unidades Universitário, Itamaracá, Três Barras, Tiradentes, MAPE, Cidade Morena, Moreninha, Cristo Redentor, Carlota, Arnaldo, Bonança, Buriti, Tarumã, Vila Fernanda, Antártica, Batistão, Coophavila II e Santa Emília.

Emergência - Campo Grande enfrenta situação de emergência diante do aumento das doenças respiratórias. Os dados mais recentes indicam que já foram registrados 1.033 casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e 68 mortes relacionadas a estas condições somente neste ano.

O termo SRAG abrange vários vírus como infuenza (causadores da gripe), coronavírus (covid-19), VRS (Vírus Sincicial Respiratório) e rinovírus. A demanda crescente por atendimento na rede pública de saúde começou na reta final do mês de abril. Enquanto no dia 21, um domingo, foram atendidos 1.492 pacientes. Na data seguinte (dia 22), já eram 6.455 pacientes.

O surto de viroses pressionou o sistema público e particular, com esperas por horas até o atendimento médico.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok

Nos siga no Google Notícias