ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Sancionada lei que custeia tarifas do transporte coletivo

Montante de R$ 16,2 milhões será utilizado para garantir a gratuidade de usuários até o fim de 2025

Por Gustavo Bonotto | 23/04/2024 20:15
Ônibus que compõem o transporte coletivo formam carreata na Avenida Afonso Pena. (Foto: Marcos Maluf)
Ônibus que compõem o transporte coletivo formam carreata na Avenida Afonso Pena. (Foto: Marcos Maluf)

A Prefeitura de Campo Grande sancionou, no fim da tarde desta terça-feira (23), a lei que concede subvenção econômica de R$ 16.236.000,00 ao Consórcio Guaicurus para custear o serviço de transporte coletivo de estudantes da Rede Municipal de Ensino.

O texto que regulamenta o uso do montante foi publicado em edição extra do Diário Oficial. Na tratativa, a Lei Complementar nº 519/2024 garante o pagamento de parcelas limitadas em R$ 1.476.000,00 para manter a gratuidade até o fim de 2025.

A iniciativa também garante tarifa zero a idosos, pessoas portadoras de câncer, com deficiência, estudantes no dia de aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e outras gratuidades previstas no sistema de transporte coletivo.

No entanto, o consórcio terá que apresentar aferição de estudo de equilíbrio econômico-financeiro à Agereg (Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos), junto à Semed (Secretaria Municipal de Educação) e SAS (Secretaria de Assistência Social)

Para atender às despesas relativas à concessão da subvenção econômica, a gestão municipal poderá abrir crédito adicional de natureza suplementar ou especial para execução da despesa no orçamento anual.

Na Câmara, a tratativa foi aprovada em regime de urgência, no início de abril. “Eles [Consórcio Guaicurus] queriam receber a tarifa técnica, mas a prefeitura não pagou. A prefeitura só deu uma correçãozinha nas gratuidades. A prefeitura vai pagar de acordo com nota fiscal, vai ter um convênio do Estado para poder fazer esse aporte com os alunos”, explicou o presidente da Casa de Leis, vereador Carlos Augusto Borges, o "Carlão" (PSB).

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok

Nos siga no Google Notícias