A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/08/2011 18:44

Santa Casa de Campo Grande diz não saber origem de meningite de paciente

Fabiano Arruda

Direção do hospital confirma quadro e diz que está providenciando medicamento; família afirma que jovem depende de remédio para sobreviver

A direção da Santa Casa de Campo Grande confirmou o quadro de meningite da paciente Francieli de Souza Aragão, 24 anos, no entanto, não atestou a origem da doença. Por meio da assessoria, o hospital disse não saber se a meningite foi contraída antes ou durante a internação.

O hospital também confirmou não ter disponível o medicamento Abelcet 100 mg, indicado para o combate à meningite, mas que adotou providências para que o remédio seja utilizado o quanto antes no tratamento.

A assessoria não soube precisar quando o medicamento estará disponível e afirmou que outros remédios “também importantes” estão sendo aplicados no tratamento de Francieli.

Conforme relato da mãe, Tânia Aragão, a jovem está internada no hospital há mais de um mês. A princípio, o motivo da internação foi uma paralisia facial. Mas durante o tempo na Santa Casa, Francieli contraiu meningite fúngica, segundo ela.

“O medicamento é muito caro e ela depende disso para sobreviver. Precisa tomar sete ampolas ao dia durante seis semanas”, informou, revelando que Francieli já perdeu a visão, não fala mais e tem muita dificuldade para se locomover, bem como para se alimentar.

“Esse medicamento tem pelo SUS e faz mais de quatro dias que ela precisa urgente do remédio. Nem água para mais no estômago dela”, conta Tânia. Segundo ela, Francieli teve leucemia, há cerca de dois anos, mas foi curada à época.

Jovem entra no hospital com paralisia facial e acaba com meningite fúngica
Segundo a família, jovem de 24 anos contraiu meningite e corre risco de morte pela falta da medicaçãoA família da paciente Francieli de Souza Aragão...
Homem joga gasolina e ateia fogo em rosto de esposa enquanto ela dormia
Uma mulher de 27 anos ficou com o rosto desfigurado depois que o próprio marido jogou gasolina e ateou fogo enquanto ela dormia. O caso aconteceu na ...


cadê a comissão de direitos humanos e o ministério público?
 
shavana dos santos lima em 05/08/2011 07:49:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions