A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

31/08/2018 18:33

Segunda dose contra HPV está disponível para adolescentes na Capital

Somente neste ano, 5.230 meninos e meninas procuraram as unidades de saúde em Campo Grande.

Anahi Gurgel
Adolescentes devem tomar segunda dose da vacina contra HPV em setembro. (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)Adolescentes devem tomar segunda dose da vacina contra HPV em setembro. (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) faz um alerta para pais e responsáveis, que devem procurar os postos de saúde de Campo Grande para vacinar seus filhos adolescentes contra o HPV. Uma campanha publicitária de “convocação” foi lançada nesta terça-feira (04) pelo Governo Federal para mobilizar a população quanto à segunda dose da vacina.

Em Campo Grande, desde quando as doses foram distribuídas nas unidades de saúde, em fevereiro deste ano, foram vacinadas 2.518 meninas de 9 a 14 anos, e 2.712 meninos, de 11 a 14 anos. O levantamento contempla o período entre fevereiro e maio. 

Foram 532 meninas e 606 meninos em fevereiro; 655 meninas e 776 meninos em março, 661 meninas e 688 meninos em abril e 670 meninas e 642 meninos em maio, de acordo com a assessoria da Sesau.

“É importante alertar que cobertura vacinal só está completa com as duas doses, por isso quem tomou a primeira dose deve voltar aos postos após seis meses”, comunicou o Ministério da Saúde.
Também está disponível a primeira dose para os adolescentes – que devem tomar a segunda dentro de seis meses.

Trata-se de uma iniciativa diferente de uma campanha de imunização, que sempre tem período determinado para início e fim. Essa tem foco na publicidade de mobilização, uma vez que a vacina contra o HPV faz parte do calendário de rotina disponível nas unidades do SUS (Sistema Único de Saúde).

Em todo o País são mais de 20 milhões de adolescentes, que devem ser levados às unidades de saúde para receber a segunda dose da vacina.

A meta é vacinar 9,7 milhões de meninas de 9 a 14 anos e 10,8 milhões de meninos de 11 a 14 anos. Ao todo, o Ministério da Saúde investiu R$ 567 milhões na aquisição das vacinas, que protegem contra vários tipos de câncer em homens e mulheres.

Desde a incorporação da vacina HPV no Calendário Nacional de Vacinação, 4 milhões de meninas de 9 a 14 anos procuraram as unidades do SUS para completar o esquema com a segunda dose - 41,8% das crianças a serem vacinadas. Com a primeira dose, foram imunizadas 4 milhões de meninas nesta mesma faixa, o que corresponde a 63,4%.

Entre os meninos, que foram incluídos na vacinação contra HPV em 2017, 2,6 milhões foram vacinados com a primeira dose - 35,7% do público alvo. Em relação à segunda dose, foram aplicadas 911 mil vacinas em meninos de 11 a 14 anos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions