A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020

19/01/2020 15:05

Sem concurso no interior, candidato vem de longe para disputar vaga temporária

São 24 mil inscritos no processo seletivo de professor temporário para a rede estadual de ensino.

Ângela Kempfer e Daniele Errobidarte
Chegada de candidatos à prova na Uniderp. (Foto: Paulo Francis)Chegada de candidatos à prova na Uniderp. (Foto: Paulo Francis)

Muita gente veio do interior neste domingo (19) para a disputa que envolve 24 mil inscritos no processo seletivo para formação do banco reserva de professor temporário para a rede estadual de ensino.

Joscilene da Silva, 31 anos, saiu cedo de Jardim para dar apoio moral à amiga. As duas pegaram a estrada 6h e agora ela vai esperar do lado de fora até a prova acabar para ambas retornarem ainda hoje para casa. “Em Jardim, Aquidauana ou outras cidades da região não abre concurso, então temos que vir para cá e tentar a rede estadual”, justifica.

São 30 questões de múltipla escolha na prova escrita objetiva, que devem ser respondidas em até três horas.

Para acompanhar a espora, Valdir Silva, de 60 anos, também deixou Ribas do Rio Pardo assim que o sol nasceu para não ter atrasos. A mulher tem contrato temporário no interior e está empolgada com a possibilidade de entrar na rede estadual. “Chegamos às 7h, apesar da prova começar só às 15h”.

Dona Maria Aparecida Lourenço também já passou dos 60, e resolveu tentar o concurso pela primeira vez, depois dos filhos criados. Aos 63 anos, conta que dava aula aos 15 em assentamento e nunca esqueceu a Educação. Cursou Artes Visuais e agora quer encarar a sala de aula. “Estou bem tranquila, calma”, diz.

 Maria Aparecida Lourenço resolveu tentar o concurso público pela primeira vez. (Foto: Paulo Francis) Maria Aparecida Lourenço resolveu tentar o concurso público pela primeira vez. (Foto: Paulo Francis)

Em Campo Grande, o exame é aplicado três locais: Uniderp da rua Ceará, Uniderp Agrárias e na Unigran Capital. Em Dourados, as provas acontecem na Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Unigran e Universidade Anhanguera.

Com conteúdo ainda fresco na memória, Erica Damião, 47, é uma das candidatas de Campo Grande. Está otimista com o resultado, porque acaba de terminar o curso de Pedagogia o que dá confiança. “Tomei um café da manhã leve, um almoço leve e agora é só fazer a prova”, comenta.

Para entrar na sala, itens eletrônicos como telefone celular, relógio de qualquer espécie, notebook, máquina fotográfica e gravador não são permitidos.

O profissional convocado a atuar nas salas de aula com formação de magistério receberá por 40 horas semanais inicialmente R$ 2.733,33; os com graduação sem licenciatura receberão R$ 3.690; os graduados com licenciatura receberão R$ 4.100; os professores com especialização receberão inicial de R$ 4.373,27; e com mestrado e/ou doutorado o valor pago será de R$ 4.510.

Formado em Educação Física, homem de 32 anos que pediu para não ter o nome revelado, perdeu a chance de brigar pelo salário. Ele chegou adiantado, mas com documento de identidade vencido. "Voltei para buscar documento e os portões já tinham sido fechados", lamenta.

 

Na Uniderp, portão fechou exatamente às 15h. (Foto: Paulo Francis)Na Uniderp, portão fechou exatamente às 15h. (Foto: Paulo Francis)
Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions