A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

30/04/2018 17:17

Sem confirmar tiro, polícia investiga o que feriu ciclista no Parati

Jovem envolvido em confusão registrou boletim de ocorrência e afirmou ter atirado uma pedra na direção do ciclista

Liniker Ribeiro
Jovem sofreu ferimentos na boca; caso está sendo investigado (Foto: Liniker Ribeiro)Jovem sofreu ferimentos na boca; caso está sendo investigado (Foto: Liniker Ribeiro)

A polícia ainda investiga o caso em que um jovem de 25 anos ficou ferido após uma confusão na Rua da Divisão, na região do bairro Parati, em Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (30). Um outro jovem de 25 anos, que estaria envolvido na situação, procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga para registrar a ocorrência, e afirmou que os ferimentos foram provocados por uma pedra.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito relatou que estava fazendo o transporte de uma geladeira para a namorada de um amigo e, enquanto fazia o nó para amarrar o eletrodoméstico, o ciclista teria começado a agredi-lo com socos e pontapés. Ele não soube precisar o que teria motivado a ação.

O rapaz afirma ainda ter conseguido se desvencilhar das agressões e corrido para o automóvel, junto com o amigo. Mesmo assim, o ciclista teria ido em direção ao veículo e, de dentro do carro, o passageiro atirado uma pedra contra o ciclista, o que teria provocado os ferimentos em seu lábio inferior e nos dentes.

Policiais militares estiveram no local e relataram que o jovem dizia palavras desconexas e sem sentido. Ele se negou a receber atendimento médico, aceitando apenas ser socorrido por sua mãe. Ele foi levado para o Prontomed da Santa Casa da Capital.

Aos policiais, a mãe do jovem relatou outra versão. Segundo ela, o filho teria atingindo a camionete do rapaz envolvido, quando o motorista abriu a porta do veículo, dando início a uma discussão. A reportagem tentou conversar por telefone com a mãe do jovem, mas ela apenas informou que estava no hospital, não podendo falar no momento.

O caso foi registrado como lesão corporal e lesão corporal recíproca. De acordo com o boletim, exames periciais estão comprometidos, uma vez que o ciclista segue internado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions