A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/07/2014 18:11

Servidor federal não morreu por gripe A, aponta exame

Lidiane Kober e Aliny Mary Dias

Apesar de apresentar sintomas de gripe A, exame apontou que o dentista Eduardo Yanagawa, funcionário público ligado a Funai (Fundação Nacional do Índio), não morreu vítima de gripe A. Ele foi a óbito no último sábado (26), na Casa Casa, em Campo Grande.

Segundo a assessoria da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), ele fez dois exames e ambos apresentaram resultado negativo. O primeiro saiu no dia 15 de julho, dias após a primeira internação. O segundo chegou às mãos da Sesau ontem (28).

Parentes confirmaram que ele havia sido internado com suspeita de gripe H1N1, dias antes do óbito. Depois de passar por alguns exames e ter melhora no quadro, ele recebeu alta. No sábado à noite (26), em casa, teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Até agora, em Campo Grande, a gripe A fez oito vítimas fatais. Em todo o Estado, 18 pessoas morreram por causa da doença, segundo informações da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Nesta terça-feira (29), só na Santa Casa, quatro pessoas estavam internados com suspeita de gripe A.

Servidor federal morre em Campo Grande sob suspeita de gripe H1N1
Faleceu na noite de ontem o dentista Eduardo Yanagawa, funcionário público ligado a Funai. Parentes disseram que há alguns dias ele havia sido intern...
Em uma semana, gripe mata mais 2 na Capital e mortes chegam a 18
As mortes em razão do vírus influenza, causador da gripe A, aumentaram em Campo Grande, em uma semana, mais duas pessoas morreram e agora a doença já...
Com 20 mil doses extras, Capital reabre hoje vacina contra a gripe
As 20 mil doses extras da vacina contra a gripe começam a ser distribuída a partir de hoje em Campo Grande. Desta vez, a vacinação incluirá maiores d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions