A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/02/2012 23:00

Sindicato dos jornalistas de MS repudia violência contra profissionais no Estado

Elverson Cardozo

Nesta terça-feira (14), em manifesto público, a diretoria executiva do Sindjor-MS (Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul), repudiou ações de violência contra profissionais no Estado.

A instituição afirma defender “fervorosamente” a liberdade de expressão como valor da democracia e reprova tentativas de desrespeito que visem coibir o exercício da profissão.

Integrantes da diretoria, segundo o documento, se solidariza com profissionais vítimas de violência e pede às famílias que formalizem junto à instituição relatos dos casos, para que estes possam ser encaminhados à Comissão Nacional de Direitos Humanos e Liberdade de Imprensa, da Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas Profissionais).

Assassinato – Na madrugada deste domingo (12), o jornalista Sul-Mato-Grossense Paulo Roberto Cardoso Rodrigues, o Paulo Rocaro, como era conhecido, foi executado a tiros em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

Paulo Rocaro levou cinco tiros de pistola 9 mm, dentro do carro, quando trafegava pela avenida Brasil. O jornalista chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em um hospital da cidade.

Segundo a polícia, o crime pode ter motivações políticas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions