A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/06/2014 08:46

Só no primeiro semestre, 61 pessoas foram assassinadas na Capital

Renan Nucci e Kleber Clajus
Secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini. (Foto: Cléber Gellio)Secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini. (Foto: Cléber Gellio)

O número de pessoas assassinadas aumentou 15% nos últimos seis meses em Campo Grande. De acordo com dados da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), no período que compreende 1° de janeiro a 23 de junho, foram registrados 61 homicídios, todos dolosos, com intenção de matar. Em 2013, na mesma época, foram 53.

Ainda conforme dados da Sejusp, o pior mês deste ano foi maio, com 15 casos registrados. Segundo o secretário Wantuir Jacini, da Sejusp, este cenário pode ser atribuído a dois fatores.

O primeiro são os crimes passionais ou domésticos, ocorridos dentro das residências, onde as forças de segurança têm poder de atuação restrito. “Não há como invadir a casa das pessoas”, disse Jacini.

O segundo motivo é a disputa entre grupos criminosos rivais, geralmente por territórios, envolvendo tráfico de drogas, vingança e outros delitos correlatos. Para este caso, a Secretaria, por meio da Polícia Militar e delegacias especializadas, desenvolve operações específicas que resultam na prisão dos envolvidos.

Mesmo diante destes números, Jacini reforça que as autoridades reduzem ano a ano a criminalidade, tanto que a população carcerária em Mato Grosso do Sul hoje é de 13.500 detentos. “Isso prova que a polícia e justiça são atuantes”, destacou o secretário.

Reforço - Jacini ainda lembra que a Sejusp já abriu licitação para a aquisição de 170 novas viaturas para as policias Civil e Militar, agentes penitenciários e peritos, além de equipamentos, armas e outros dispositivos que vão dar mais estrutura aos organismos de segurança. "Os candidatos aprovados em concursos recentes também vão encorpar o quadro de servidores, em breve", concluiu.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions