ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  12    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Solto nas ruas, touro de 800 quilos cai em fossa e é resgatado por bombeiros

Com um guincho,  o bovino foi içado de lá depois de 90 minutos de trabalho da equipe dos bombeiros

Por Marta Ferreira e Viviane Oliveira | 18/04/2020 10:14
Touro foi içado pelo Corpo de Bombeiros e levado para o CCZ. Dono vai ser procurado. (Foto: Kísie Ainoã)
Touro foi içado pelo Corpo de Bombeiros e levado para o CCZ. Dono vai ser procurado. (Foto: Kísie Ainoã)

Um touro de cerca de 800 quilos caiu em fossa coberta só com madeiras nesta manhã, no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande. O animal ficou preso no buraco, de 3 metros de profundidade, por 1,5 metro de circunferência. Não se sabe por quanto tempo.

Com um guincho,  o bovino foi içado de lá depois de 90 minutos de trabalho da equipe dos bombeiros.

Vizinhos contaram que por ali é comum ver bois e vacas soltos à noite, saídos das chácaras existentes no entorno.

O animal ficou preso à fossa por não se sabe quanto tempo.
O animal ficou preso à fossa por não se sabe quanto tempo.

Cena comum - A moradora dona da casa onde fica a fossa, na calçada, disse que a fossa não estava fechada porque há previsão de implantação de rede de esgoto no local.

Ela vive ali há 40 anos e disse que os animais soltos são um problema frequente, pois invadem a varanda da casa, que não tem muro, fazem barulho, até bebem a água da máquina de lavar roupa que fica para o lado de fora.

O sargento Marcos Dias, do Corpo de Bombeiros, informou que foram três militares para o socorro ao bicho, em uma viatura de salvamento. Segundo ele, o trabalho precisou esperar a chegada de caminhão do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) para ser concluído.

Encolhido no fundo da fossa, o touro nem se mexia. Parecia estar morto. “Ele estava sufocado”, constatou um dos bombeiros.

Quando foi içado, mal se mexia, mas assim que foi colocada na carreta do caminhão do CCZ voltou a se mexer e a mugir.

 O touro foi levado com vida para o Centro, que vai procurar o dono. Ele será responsabilizado administrativamente por posse irresponsável de animais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário