ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Sonho de adolescência era moto de jovem que morreu aos 19 em acidente, diz amigo

Velório de Carlos Eduardo Freitas de Melo aconteceu nesta manhã, no Cemitério Park Monte das Oliveiras

Por Natália Olliver e Clara Farias | 28/04/2024 10:58
Corpo da vítima coberto por lençol em Avenida (Foto: Kamila Alcântara)
Corpo da vítima coberto por lençol em Avenida (Foto: Kamila Alcântara)

O jovem Carlos Eduardo Freitas de Melo, de 19 anos, vítima de um acidente na Avenida Lúdio Martins Coelho, neste sábado (27), vivia um sonho de adolescência dirigindo uma moto. Para o amigo Renan Rodrigues, de 22, Carlos aguardou por anos até que pudesse tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O corpo do rapaz foi sepultado na manhã deste domingo (28), no Cemitério Popular Park Monte das Oliveiras, na Avenida Guaicurus. Carlos faleceu após colidir com meio-fio e, na sequência, ser arremessado contra um poste. O acidente aconteceu entre os bairros Oliveira e Caiçara, em Campo Grande, neste sábado (27).

Compareceram ao sepultamento do jovem em torno de 30 pessoas, que se despediram de Carlos com salva de palmas. Abalados, familiares não quiseram falar com a reportagem.

O amigo Renan conta que conheceu Carlos quando tinham 14 anos e que se reuniam para brincar e jogar baralho. “Quando conheci ele, era um moleque muito alegre, muito brincalhão e sempre dizia que quando fizesse 18 anos ia tirar a carteira e comprar uma moto. Ele era trabalhador pra caramba. Ele gostava muito de pescar, sempre viajava com o pai, sabe? Para pescaria".

Amigos e familiares em cortejo de Carlos, vítima de acidente com moto neste sábado (Foto: Clara Farias)
Amigos e familiares em cortejo de Carlos, vítima de acidente com moto neste sábado (Foto: Clara Farias)

O tempo fez os amigos se afastarem, mas o carinho continuou. “Nós fomos crescendo e acabamos nos afastando porque cada um seguiu meio que seu rumo para prosperar, né? Ultimamente, ele estava focado no trabalho, ele era motoentregador. Na noite do acidente, ele tinha trabalhado já, tinha deixado a bag em casa e estava indo para algum lugar”.

Acidente - Segundo o delegado Felipe Machado, que atendeu a ocorrência, tudo indica que Carlos Eduardo perdeu o controle da moto Honda Fan ao passar por uma curva, no sentido do bairro ao centro. Ele bateu no meio-fio e o corpo foi arremessado contra o poste.

O capacete saiu da cabeça da vítima e a moto parou a cerca de 28 metros do local da batida. Carlos Eduardo morreu na hora, sem chance de socorro.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias