ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  15    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Suspeito de abuso diz que mãe largou as crianças para ir até o bar

Por Paula Maciulevicius | 23/03/2012 11:42

O delegado pediu a prisão preventiva do suspeito e encaminhou as vítimas para o exames no Imol

O vizinho de 42 anos, suspeito de abusar de duas meninas de 7 e 8 anos, nessa quinta-feira, disse que a mãe deixou as crianças para ir até o bar, próximo da residência, no Jardim Imá, em Campo Grande.

Nesta manhã, o homem afirmou que a mãe e as meninas estavam na casa dele desde a quinta-feira passada, depois de uma discussão que a mulher teve com o marido. Todos eles moram no mesmo terreno, em uma espécie de vila.

À Polícia, ele negou que tenha tocado nas meninas ou forçado beijos, conforme relato das vítimas, mas admitiu que havia assistido a um filme pornográfico e que foi flagrado sem roupa porque estava saindo do banho.

O suspeito que é casado, contou que esta foi a primeira vez que a mãe deixou as meninas com ele, mas que ela costuma frequentar o bar. Na tarde de ontem, ela teria deixado a mais nova dormindo no sofá da casa dele, por volta das 15h30 e levado a mais velha, de 8 anos, que teria voltado logo depois para almoçar, próximo das 16h.

O vizinho foi preso depois que o pai das crianças chegou do trabalho, aproximadamente 20h. O homem foi autuado por estupro de vulnerável e por exibir, facilitar e induzir a criança ao acesso de material pornográfico, segundo o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

O delegado de plantão da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, João Paulo Natálio Sartori pediu a prisão preventiva do suspeito e encaminhou as vítimas para o exames no Imol (Instituto Médico Odontológico Legal).

O caso será investigado pela Depca (Delelegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário