A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

17/10/2012 19:40

Suspeito de mais de 30 estelionatos é preso na Capital

Helton Verão
Delegado explica a forma que o estelionatário (Foto: Rodrigo Pazinato)Delegado explica a forma que o estelionatário (Foto: Rodrigo Pazinato)

Foi preso na manhã de hoje (17), em uma padaria na avenida Mato Grosso, Teodoro Cassiano Cardoso, de 43 anos, suspeito de ter praticado mais de 30 estelionatos em Mato Grosso do Sul.

Ele havia sido preso em flagrante, em uma tentativa de estelionato no início de janeiro deste ano. Em maio, conseguiu na justiça cumprir pena em regime semiaberto. Desde o dia 9 de junho, estava foragido.

“Existem cerca de 10 a 12 inquéritos contra ele, fora os que ainda não foram denunciados ou em outros estados, como no Paraná, sua terra natal”, explicou o delegado Rodrigo Yassaka.

Segundo o delegado da DEDFAZ (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Defraudações, Falsificações, Falimentares e Fazendários), a especialidade do estelionatário é a fraude com imóveis.

Teodoro Cardoso é suspeito de pelo menos 30 estelionatos. (Foto: Divulgação Polícia Civil)Teodoro Cardoso é suspeito de pelo menos 30 estelionatos. (Foto: Divulgação Polícia Civil)

“Ele aborda a pessoa que está vendendo um imóvel, se a ela está tentando vender por R$ 1 milhão (por exemplo), ele fala que vai ter esse dinheiro mais 50 mil daqui 40 dias, a pessoa cai na história. Ele pega o recibo falsifica a assinatura dessa pessoa e oferece para um terceiro falando que está precisando de dinheiro e esse imóvel que ele pagou R$ 1,050 milhão por R$ 850 mil e que aceita um adiantamento de R$ 200 mil. Ele pega esse dinheiro, desaparece e a briga fica entre os dois”, descreve o delegado.

Outra forma de atuar era com as mulheres, ele as seduzia pedia dinheiro para adquirir um imóvel ou emprestado prometendo devolver em seguida e não parecia mais.

Cardoso responderá pelos crimes de estelionato, falsificação, e falsidade ideológica.

Quem reconhecê-lo na foto deve procurar a Delegacia, caso tenha sido vítima. 



Paranaense,,,,,,, o lugarzinho pra ter esse tipo de malandro...
 
Pedro Rosas em 18/10/2012 12:57:16
Estranho é uma pessoa dar 200 mil de entrada (como sugerido) em um imóvel de terceiros sem confirmar nada com o verdadeiro dono. Ninguem toma dinheiro de quem não tem e quem tem precisa pensar muito, antes de cair em certos golpes tão manjados, como do Bilhete premiado.
 
Arlindo Klein em 18/10/2012 11:28:58
Esse cara é um psicopata, calculista, e dos mais perigosos
 
Priscila Barcelos em 18/10/2012 10:43:05
Gostaria que esse malandro trabalhasse ate a morte, para pagar o que roubou das pessoas.
Sem vergonha.
 
Fabiano Dutra em 18/10/2012 09:57:07
tem que colocar a foto da cara de vagabundo para a população ver quem e o sem vergonha .
 
MARCELO BERNARDO LEITE em 18/10/2012 08:46:00
Porque a policia não mostra a cara do vagabundo, fica escondendo, assim fica difícil. Coloquem a cara do sujeito ai pelo menos vai aparecer mais pessoas que ele enganou. VAMOS LÁ POLICIA, complete o trabalho eficiente que vcs. fazem. PARABENS.
 
Gilmar Marques em 18/10/2012 05:55:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions