A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

25/04/2018 11:01

Suspeito de roubar carro de motorista de aplicativo é preso por embriaguez

Em vídeo, condutor diz que pegou emprestado de amigo o veículo tomado em assalto

Viviane Oliveira
Suspeito posando para foto feita por PM (Foto: BPTran/Divulgação)Suspeito posando para foto feita por PM (Foto: BPTran/Divulgação)
Dinheiro, documentos e faca apreendidos com o condutor, segundo a PM (Foto: BPTran/Divulgação)Dinheiro, documentos e faca apreendidos com o condutor, segundo a PM (Foto: BPTran/Divulgação)

Em alta velocidade e com sinais de embriaguez, Fábio César Hiroto foi preso nesta manhã, na avenida Duque de Caxias, na Vila Alba, com carro roubado de um motorista de aplicativo na madrugada desta quarta-feira (25), na região da Vila Nhanhá, sul de Campo Grande. O BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) fez o flagrante.

Conforme a polícia de trânsito, equipe fazia rondas quando avistou o motorista em um Renault Sandero em alta velocidade e que quase atropelou um pedestre.

Ele foi abordado e questionado sobre a procedência do veículo e contou que havia pego emprestado de um amigo. Após checagem do número da placa no sistema da polícia, foi descoberto que o automóvel havia sido roubado na madrugada. Dinheiro e uma faca foram apreendidos com o condutor.

Além disso, Fábio apresentava sinais de embriaguez. Ele fez o teste do bafômetro e o resultado foi de 0,43 miligramas de álcool por litro de sangue.  Fábio foi preso em flagrante e levado para a delegacia da área. 

Policiais filmaram a abordagem. Veja:

Assalto - Conforme boletim de ocorrência, a vítima de 37 anos contou que deixou passageiro em uma conveniência da Vila Nhanhá, quando foi abordada por um homem de origem paraguaia solicitando uma corrida para o levar próximo dali.

Durante o trajeto, o falso cliente anunciou o roubo e armado com uma faca obrigou o motorista a dirigir por vários endereços até que em um certo ponto, também na Nhanhá, onde mandou entregar-lhe o dinheiro e a descer do carro. Na sequência, o assaltante fugiu levando uma quantia que não foi divulgada e o automóvel, que pertence a empresa Localiza.

O motorista relatou à polícia que enquanto era mantido refém foi ameaçado de morte várias vezes. O criminoso comentou ainda com alguém, por telefone, que a polícia havia acabado de apreender a sua moto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions