A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/01/2016 08:54

Suspeito em fuga atira no próprio braço e comparsa é mordido por cão

Viviane Oliveira
Arma que estava com um dos integrantes do bando foi apreendida. (Foto: divulgação/PM) Arma que estava com um dos integrantes do bando foi apreendida. (Foto: divulgação/PM)

Um dos integrantes do bando suspeito de roubo de veículo e comércio na região sul de Campo Grande, nesta quarta-feira (13), foi preso após dar entrada em uma unidade de saúde. Júlio César Santos Botelho, 18 anos, foi ferido no braço por um tiro acidental com a própria arma, quando fugia do local de um dos crimes.

O restante dos comparsas dele, Thalisson Ribeiro Brites, 18 anos, Sérgio Henrique Alves Gomes, 28 anos, e Carlos Eduardo Oliveira Ferreira, 20 anos, foram presos depois de várias atrapalhadas.

Conforme registro policial, equipe do Batalhão de Choque com cães policiais estava em rondas pelo Pênfigo, quando avistaram um veículo Citroen C3, de cor preta, que havia sido roubado horas antes.

No carro, estava apenas Thalisson, que tentou fugir, mas foi imobilizado pelo cão policial. Enquanto os policiais levavam o rapaz para receber medicação na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Guanandi, foram informados de que outro roubo havia ocorrido na Avenida Tancredo Neves, no Bairro Aero Rancho.

Integrantes do bando foram presos com armas e veículos. (Foto: divulgação/PM) Integrantes do bando foram presos com armas e veículos. (Foto: divulgação/PM)
Um dos ladrões foi ferido com a própria arma. (Foto: divulgação/PM) Um dos ladrões foi ferido com a própria arma. (Foto: divulgação/PM)

No comércio, dois bandidos chegaram em um veículo Corsa, de cor branca, enquanto outro ficou dando cobertura no carro. Um deles, armado com uma pistola, roubou dois óculos de sol, três bonés, camisetas e R$ 20. Ao fugir, Júlio caiu e a arma disparou e atingiu o braço dele. Toda a ação dos bandidos na loja foi flagrada por câmera de segurança.

Júlio foi preso ao dar entrada na unidade de saúde, confessou o roubo no Aero Rancho e entregou o restante da quadrilha, que foi detida com uma pistola e o Corsa. O proprietário do veículo Citroen, reconheceu Júlio César e Sérgio Henrique como autores do roubo. Os quatro foram presos.

A ocorrência foi registrada como roubo, porte ilegal de arma e associação criminosa. Thallison, que estava foragido, vai responder por evasão de custódia, receptação e associação criminosa. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. A polícia ainda vai investigar a participação de cada um nos crimes. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions