A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

28/02/2018 08:29

Suspeitos de furto a agência do BB tinham R$ 100 mil em equipamentos

Durante as investigações, também foi identificado o autor de uma tentativa de arrombamento em agência do Banco do Brasil de São Gabriel do Oeste

Viviane Oliveira
Equipamento, utilizado nos arrombamentos, foram apreendidos com a quadrilha (Foto: divulgação/assessoria de imprensa da Polícia Civil)Equipamento, utilizado nos arrombamentos, foram apreendidos com a quadrilha (Foto: divulgação/assessoria de imprensa da Polícia Civil)

Dois suspeitos de terem cometido o furto à agência do Banco do Brasil da Rua Fraiburgo, no Bairro Moreninhas, na madrugada do dia 2 deste mês, foram presos com R$ 100 mil em equipamentos. Houve prisões em Campo Grande e Cuiabá. Durante as investigações, também foi identificado o autor de uma tentativa de arrombamento à agência do Banco do Brasil de São Gabriel do Oeste.

Conforme o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), o primeiro a ser identificado foi Jackson César Roberto da Silva, 20 anos. Ele foi preso na Capital com dinheiro furtado da agência. O dia da prisão dele não foi divulgado. Ao ser questionado, o autor confessou que fazia parte de uma quadrilha e havia ficado responsável em locar imóvel na região da agência, fazer o levantamento da rotina do local para repassar aos comparsas que vieram do Mato Grosso.

Em diligência em Cuiabá, a equipe do Garras prendeu Alexandre Benedito de Almeida Pinheiro, 28 anos, “o Bitoka”, no domingo (dia 25). Contra ele havia mandado de prisão expedido pela Justiça de Campo Grande. Também foi identificado como Ivan da Silva Oliveira - autor de uma tentativa de arrombamento na agência do Banco do Brasil de São Gabriel do Oeste.

Ele está preso na cidade e deve ser transferido para Campo Grande. O outro integrante do bando, Romildo Gomes da Silva Leite continua foragido com mandado de prisão em aberto. Em poder dos criminosos, foram apreendidos diversos equipamentos usados para arrombar caixas eletrônicos e um veículo utilizado para cometer os crimes. 

Caso - Dois cofres foram arrombados da agência do Banco do Brasil nas Moreninhas. Os bandidos usaram uma esmerilhadeira para cortar o ferro e assim ter acesso ao dinheiro. O valor levado pelos autores não foi divulgado. Os autores entraram na agência por um basculante. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions