ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Suspensa na Capital após incidente, pesquisa com testes de covid-19 é retomada

O trabalho é feito de casa em casa e além de preenchimento de formulário, entrevistados também fazem teste rápido de covid-19

Por Lucia Morel | 19/05/2020 15:18
De casa em casa, entrevistadores fazem pesquisa com perguntas e respostas e ainda fazem teste para detecção de covid-19. (Foto: Kísie Anoiã)
De casa em casa, entrevistadores fazem pesquisa com perguntas e respostas e ainda fazem teste para detecção de covid-19. (Foto: Kísie Anoiã)

A pesquisa do Ibope Inteligência que começou semana passada em Campo Grande e mais duas cidades de Mato Grosso do Sul foi paralisada e será retomada, na Capital, apenas amanhã. Previsão é de que até sexta-feira o trabalho seja concluído.

O coordenador da pesquisa na Capital, João Carlos Belém, da JC Pesquisas e Consultoria, terceirizada do Ibope, informou que na semana passada foram realizadas apenas 34 coletas, faltando 216 para completar as 250 necessárias nesta primeira de três fases do estudo, que é feito em 133 cidades brasileiras.

“A pesquisa retorna amanhã. A Secretária de Saúde (Sesau) e Vigilância Sanitária entraram com apoio e vão disponibilizar veículos para apoiar as equipes de entrevistadores”, informou Belém ao Campo Grande News.

O auxílio acontece depois de incidente, quando na semana passada, em 14 de maio, no primeiro dia de pesquisa, dois entrevistadores foram detidos pela Polícia Civil sob suspeita de estarem aplicando golpe em moradores da região do bairro Batistão.

Com as dúvidas sanadas, eles foram liberados, mas os trabalhos foram interrompidos pouco tempo depois. De acordo com Belém, houve problemas não apenas em Campo Grande, mas em outras diversas cidades do Brasil onde a pesquisa também acontece.

“O que ocorreu foi o seguinte: o Ministério da Saúde passou comunicado às secretarias estaduais e deveria ter sido replicado para os municípios e as cidades deveriam estar cientes da pesquisa, mas alegaram que não haviam sido informadas”, disse o coordenador.

Com isso, a coordenação da pesquisa achou melhor aguardar até que todos os municípios informassem que estavam cientes do estudo do Ibope, para então retomar os trabalhos. “Paralisamos a pesquisa até que todas as cidades comunicassem que estão cientes”, afirmou.

Teste realizado é o rápido, que com amostra de sangue, identifica se a pessoa já contraiu ou não a covid-19. (Foto: Kísie Anoiã)
Teste realizado é o rápido, que com amostra de sangue, identifica se a pessoa já contraiu ou não a covid-19. (Foto: Kísie Anoiã)

Com isso, a expectativa é que na Capital, as 216 entrevistas e coletas restantes sejam finalizadas na quinta-feira, “no máximo na sexta-feira”, segundo Belém.

O trabalho é feito de casa em casa e além de preenchimento de formulário, entrevistados também fazem teste rápido de covid-19, que identifica se a pessoa já foi ou não infectada com a doença.

Conforme o Ibope Inteligência, em Dourados, as entrevistas foram retomadas ontem e em Corumbá, já foram encerradas. A contagem de testes realizados ou resultado não foi liberado pelo Ibope.

Pesquisa – A pesquisa “Evolução da prevalência de infecção por Covid-19 no Brasil: Estudo de Base Populacional”, quer testar 250 pessoas em cada uma das 133 cidades selecionadas no País.

Na Capital, são 18 entrevistadores que estão percorrendo 25 bairros ou setores censitários, e obrigatoriamente, 10 pessoas em cada um desses setores devem responder às perguntas e fazer o teste rápido, para que se alcance 250 pesquisados. Os mesmos números devem ser cumpridos nos demais municípios.

Os entrevistadores devem estar com máscaras descartáveis, toucas descartáveis, aventais descartáveis, sapatilhas descartáveis, óculos de proteção e luvas. Além disso, todos os entrevistadores devem ter em mãos, segundo o Ibope, frascos de álcool gel, sacos de lixo infectante e caixas de descarte de materiais hospitalares.

Os 25 bairros selecionados em Campo Grande são: Centro, São Francisco, Vila Glória, Santa Fé, Chácara dos Poderes, Noroeste, Nova Lima, Monte Castelo, Mata do Segredo, Santo Antônio, Santo Amaro, Popular, Pioneiros, Centro Oeste, Lageado, Aero Rancho, Jacy, Piratininga, Tiradentes (em dois setores), Carlota, Universitário, Leblon, Batistão e São Conrado.

Conforme o Ibope, o estudo será realizado em três etapas, sempre nos mesmos 133 municípios. Ao término da pesquisa, 99.750 brasileiros terão sido testados.