A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

27/08/2011 12:00

Taxistas vão transformar cortejo em protesto por assassinato de colega

Aline dos Santos
Protesto vai sair do velório até cemitério do Cruzeiro. (Foto: João Garrigó)Protesto vai sair do velório até cemitério do Cruzeiro. (Foto: João Garrigó)

O funeral do taxista Daniel Manoel Dudu, de 50 anos, será transformado em um protesto da categoria para pedir mais segurança. Às 15h, o cortejo deve sair do bairro Aero Rancho, onde o corpo é velado, e percorrer as principais ruas de Campo Grande até o cemitério do Cruzeiro, local do sepultamento.

No velório, colegas de profissão relataram preocupação com a falta de segurança, principalmente à noite. Daniel foi taxista por mais de 25 anos. Ele foi encontrado baleado na manhã de ontem, no Jardim Nascente do Segredo, após fazer corrida para um casal na saída de um show, realizado no estádio Morenão.

O taxista chegou a ser socorrido, mas morreu na Santa Casa de Campo Grande. Uma adolescente foi apreendida. Ela contou que estava com o namorado Wesley Oliveira dos Santos, de 18 anos.

A corrida deu R$ 60 e eles não tinham dinheiro para pagar, desencadeando a discussão que terminou com os disparos. Wesley está foragido. Ele já tem passagens por tráfico de drogas e roubo, quando ainda era menor de idade.



onde esta os bpms de tatico ,e cigcoe, nos falta segurança não os queremos velos só de dia,de madrugada é que os vandalos estão a souta.
 
mario cesar em 27/08/2011 07:50:59
Olha , com todos os batalhões que a na capital é uma vergonha o fato ocorrido , sou taxista , fui ao show e não tinha se quer uma viatura a não ser a de transito . Onde estava a tal cigcoe, rotac, força tatica, 10 bpm, 9 bpm? o povo sofre com tanta falta de segurança, resta pedir ajuda coronél pelo amor de Deus nos ajude, que saldades do cel. Ivan. socorro.
 
Mario cesar dos santos em 27/08/2011 07:44:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions