A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

17/08/2017 17:35

TCE multa prefeitos e ex-prefeitos em R$ 11,2 mil por irregularides

Paulo Nonato de Souza

Dois ex-prefeitos, Lucimar Novais, de Ponta Porã, e José Henrique Trindade, de Aquidauana, e dois prefeitos em cumprimento de mandatos, Vanderley Bispo, de Japorã, e Mário Kruger, de Rio Verde de Mato Grosso, foram multados em R$ 11,2 mil pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul por irregularidades em suas administrações.

Em nota divulgada nesta quinta-feira, o TCE/MS anunciou ter analisado 80 processos, entre a 1ª e 2ª Câmara, que resultou na aplicação total de R$ 58 mil em multas.

Dos quatro, Vanderley Bispo foi o que recebeu a multa de maior valor. Em processo analisado pelo conselheiro José Ricardo Pereira Cabral, o prefeito de Japorã foi multado em R$ 6.057,00 por irregularidade referente a um contrato administrativo de 2013, celebrado entre o município e a empresa Lucieni Paniagua Riato Ltda para aquisição de gêneros alimentícios, materiais de higienização, de limpeza, copa e cozinha.

Os ex-prefeitos Ludimar Novais, de Ponta Porã, e José Henrique Trindade, de Aquidauana, foram multados em R$ 1.211,50 cada. Em processo analisado pelo conselheiro Osmar Domingues Jeronymo, Novais foi multado por irregularidade constatada em um contrato de prestação de serviços de operação e implantação de um conjunto de serviços relativos ao saneamento público ambiental.

Trindade foi multado em processo analisado pela conselheira Maria Serra, que considerou irregular o contrato celebrado entre a Prefeitura de Aquidauana e a microempresa Cláudio B.Lopes & Cia Ltda para aquisição de gêneros alimentícios.

Já atual prefeito de Rio Verde de Mato Grosso, Mário Kruger, foi multado em R$ 726,90 por irregularidade na execução financeira do contrato celebrado entre o município com a empresa Aquino & Flores Ltda para a aquisição de gêneros alimentícios da merenda escolar da rede municipal de ensino.

Tribunal de Contas suspende licitação que prevê gasto de até R$ 10,5 milhões
O TCE (Tribunal de Contas do Estado) suspendeu o pregão presencial 05/2017, que prevê gasto de até R$ 10,5 milhões e receberia as propostas amanhã (d...
Tribunal de Contas julga 46 processos e multa seis ex-prefeitos em R$ 75,5 mil
Com o julgamento de 46 processos entre recursos, prestação de contas de gestão, contrato administrativo, pedidos de revisão e apuração de responsabil...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions