ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Técnicos suspendem greve para realizar matrículas, mas movimento é tranquilo

Flávia Lima | 22/06/2015 13:11
Secretaria do CCHS registra baixa procura por aprovados nos cursos de inverno do Sisu. Foto:Marcelo Calazans)
Secretaria do CCHS registra baixa procura por aprovados nos cursos de inverno do Sisu. Foto:Marcelo Calazans)

As secretarias dos cursos da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) do campus de Campo Grande que ofereceram vaga ao Sisu, para o segundo semestre, tem registrado movimento tranquilo desde sexta-feira (19) quando começou a efetivação das matrículas. Segundo a chefe da secretaria do CCHS (Centro de Ciências Humanas e Sociais), Patricia Meyer, desde a semana passada apenas seis pessoas efetivaram sua matrícula.

Ela conta que os quatro funcionários responsáveis pelo serviço chegaram a suspender a greve para evitar que pessoas terceirizadas realizassem o serviço, já que devido a greve dos técnicos e professores, a pró-reitoria havia levantado a hipótese de chamar funcionários terceirizados para realizar as matrículas. "Achamos complicado deixar essa responsabilidade com pessoas que não tem familiaridade com o serviço, por isso decidimos sair por três dias da greve", revela Patrícia.

A atitude também teve como objetivo evitar tumulto, porém a baixa procura surpreendeu os funcionários. "O pessoal sabendo da greve da universidade deve pensar que as matrículas não estão sendo feitas", disse.

A chefe do setor conta que nas demais secretarias de Engenharia e Direito, cursos que também dispõem de vagas no Sisu, o funcionamento também está normal, já que os funcionários não aderiram a paralisação. A efetivação das matrículas dos aprovados em primeira chamada devem ser feitas até esta terça-feira (23).

Apesar dos técnicos do setor de informática, responsáveis por acessar o sistema do Sisu, também estarem em escala de greve, o serviço não está sendo prejudicado. "Não há lentidão, as matrículas feitas até o momento não estão sofrendo demora", garante Patricia. Em assembleia semana passada, integrantes doc omando de greve levantaram a possibilidade de demora no processo.

A UFMS disponibilizou 665 vagas no processo seletivo de inverno 2015, distribuídas entre 13 cursos, entre eles Medicina (Três Lagoas), Direito e Engenharia Civil (Campo Grande) e Educação Física (Corumbá).
Os candidatos que não foram selecionados nesta primeira chamada podem participar da lista de espera, que tem previsão de chamada a partir do dia 2 de julho.

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação alerta aos estudantes que leiam atentamente as informações referentes ao processo seletivo de inverno para que não corram o risco de perder as vagas por falta de conhecimento das regras ou documentação na hora da efetivação da matrícula.

Todos os candidatos selecionados deverão preencher o formulário de Pré-Matrícula e o Perfil Socioeconômico do Acadêmico e imprimir os comprovantes para serem entregues no ato da matrícula. O formulário está disponível no link http://m.copeve.ufms.br/front/news/view/567

Nos siga no Google Notícias