A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

26/05/2015 08:51

Tenente atropelado por bandido fez cirurgia e aguarda colocação de pinos

Luana Rodrigues
No total, foram apreendidos 2,4 toneladas de maconha, um fuzil tipo AK calibre 7,62, uma submetralhadora calibre 9 milímetros e uma porão de pasta base de cocaína. (Foto: divulgação/DOF)No total, foram apreendidos 2,4 toneladas de maconha, um fuzil tipo AK calibre 7,62, uma submetralhadora calibre 9 milímetros e uma porão de pasta base de cocaína. (Foto: divulgação/DOF)

O 1º tenente do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Kirly Douglas da Cruz Moura, de 35 anos, que foi atropelado na tarde de domingo (24), durante barreira realizada pela polícia na BR-267, em Rio Brilhante, teve de ser trazido para Santa Casa em Campo Grande, mas passa bem.

Conforme a assessoria de imprensa do DOF, na tarde de ontem(25), Moura passou por um procedimento de "tração óssea", um tratamento preliminar utilizado para alinhar os ossos através de uma ação cuidadosa e firme de puxar o osso, por meio da colocação de pinos. "Estivemos com ele no domingo, mas já estava bastante tranquilo e bem", informou a assessoria.

Ainda conforme o DOF, o tenente passou por uma cirurgia às 13h desta segunda-feira, onde foi constatada a fratura de fibula e tibia.

Um "cerco" foi fechado no local onde o tenente foi atropelado, na tentativa de encontrar os suspeitos, mas ninguém foi preso.

O caso - Kirly Douglas da Cruz Moura, de 35 anos, que atua na Polícia Militar há 9 anos, foi atropelado na tarde de domingo (24), quando juntamente com outros policiais, atendia uma ocorrência próximo a usina de bioenergia, onde dois veículos, um GM/Vectra com placas de Barretos (SP) e um Hyndai/Azera de São Paulo (SP), foram abandonados carregados com drogas. Durante a ação, uma barreira foi montada na via.

Enquanto uma parte da equipe ficou vistoriando os veículos, outra que estava o tenente foi até a margem da rodovia procurar sinal de celular para acionar um guincho, quando surgiu um terceiro veículo, modelo Astra de Catanduva (SP), furou bloqueio e acelerou contra os policiais.

O tenente ainda atirou contra o veículo, correu para fora da pista, mas foi atropelado. O policial sofreu fraturas exposta e recebeu atendimento no hospital de Maracaju. O veículo que causou o acidente foi localizado, mas os ocupantes conseguiram fugir.

Durante a ocorrência, os policiais conseguiram aprender 2,4 toneladas de maconha, pasta base de cocaína, um fuzil, munições e uma submetralhadora. O policial, que sofreu fratura exposta da tíbia e fíbula, foi levado para o hospital de Maracaju, mas seria transferido para Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions