A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/01/2012 11:43

Após 13h, tio aparece com criança e diz que ela estava na casa da namorada

Francisco Júnior e Viviane Oliveira

A criança não apresentava nenhum ferimento aparente, mas foi encaminhada para o IMOL onde será submetida a exame de corpo de delito

Criança não apresentava nenhum ferimento. (Foto: João Garrigó)Criança não apresentava nenhum ferimento. (Foto: João Garrigó)

Após 13 horas, o menino de 2 anos que estava desaparecido desde ontem à noite, foi levado de volta para casa pelo tio, por volta das 10 horas. Desde as 8h30 desta quinta-feira, uma equipe do Corpo de Bombeiros realizava buscas em uma mata no bairro Nova Lima a procura da criança depois de serem chamados por familiares.

O tio, Venceslau da Silva Júnior, 26 anos, ao chegar com a criança no local, disse que havia deixado o sobrinho na casa da namorada, no bairro Morada Verde, e saiu para usar droga.

A criança está bem e não apresenta nenhum ferimento. A criança já foi entregue para mãe, Márcia Araújo Alegre, 17 anos. O tio foi preso por policiais militares e levado para o 2º Distrito Policial, no bairro Monte Castelo.

O desespero da família começou quando Márcia não encontrou o filho na casa do avô paterno, Venceslau da Silva, 48 anos. Ao chegar na residência, ela foi informada pelo sogro que o menino não estava mais ali e que o tio esteve na casa, mas não viu o momento em que saiu.

Familiares fizeram buscas pelo menino no bairro, mas não conseguiram encontrá-lo. Márcia chegou a registrar um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do filho.

Bombeiros procuraram pela criança por cerca de 2 horas. (Foto: João Garrigó)Bombeiros procuraram pela criança por cerca de 2 horas. (Foto: João Garrigó)

Moradores do bairro disseram que viram o menino pela última vez por volta das 21 horas de ontem (18), na garupa da moto pilotada pelo tio.

Por volta das 3 horas, Vinicius Monteiro da Silva, 22 anos, pai do menino, encontrou o irmão em um ponto de venda de drogas no bairro Talismã.

Venceslau, sob efeito de drogas, disse apenas que a criança estava “bem guardada” e não deu mais nenhuma informação sobre o paradeiro do sobrinho. Ele acabou agredido pelo irmão e fugiu do local.

A família entrou em desespero temendo pela vida do menino. No início da manhã, bombeiros foram chamados para realizar as buscas, que duraram cerca de 2 horas.

Por volta das 10 horas, o tio saiu do meio da mata com a criança no colo.

O menino foi encaminhado para o IMOL (Instituto Médico Odontológico e Legal) onde será submetido ao exame de corpo de delito.

Moradores acompanharam as buscas. (Foto: João Garrigó)Moradores acompanharam as buscas. (Foto: João Garrigó)
Mãe entrou em desespero ao saber do desaparecimento do filho. (Foto: João Garrigó)Mãe entrou em desespero ao saber do desaparecimento do filho. (Foto: João Garrigó)


Coitada dessa mãe, imagino o desespero. Seu filho nasceu de novo. A droga sempre essa maldita droga. É o mal do século. Graças a Deus que o amor falou mais alto.
 
Neuci Augusta Fonseca em 19/01/2012 02:41:54
Droga é isso aí... Acaba com a vida do usuário e estrói famílias. E as nossas autoridades não se dão conta que esse é um problema gravíssimo e não é a polícia que vai resolver. É preciso clinicas de recuperação municipal e estadual para tratamento dos dependentes químicos, tem muita gente querendo sair do vício, mas não tem um local específico e não adianta falar em Caps, pois não funciona.
 
Sidnei Garcia em 19/01/2012 01:44:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions