A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019

08/04/2017 13:39

'Tivemos que ressuscitar a máquina pública', diz Marquinhos sobre 100 dias

Administrador se referia a condição financeira da cidade quando assumiu o Executivo municipal

Yarima Mecchi
Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, (Foto: Marcos Ermónio)Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, (Foto: Marcos Ermónio)

Com quase 100 dias a frente da Prefeitura de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), disse neste sábado (8) que teve que 'ressuscitar a máquina pública'. O administrador se referia a condição financeira da cidade quando assumiu.

Em janeiro, ele anunciou que apenas R$ 41.343.362,00 foram deixados no cofre municipal pela gestão passada. Além de atrasos em repasses para unidades de saúde, atraso de salário dos servidores e do 13º salário, falta de insumos nas unidades de saúde.

"Primeiro nós tivemos que ressuscitar a máquina pública. Eu faço como pontos relevantes a sintonia do trabalho dos técnicos das secretarias. Houve um trabalho intenso, a iniciar pela Procuradoria Jurídica ao destravar e retirar as certidões negativa que nossa cidade estava", destacou.

Marquinhos afirmou que a cidade estava há mais de dois anos com inscrição no Cauc (Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias) e Cadin (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal). Na manhã desta sábado ele considerou que com o 'nome limpo' a administração tem mais crédito com fornecedores.

"Esse destravamento é que oportunizou a abertura de novos horizontes. Com esse ele nós fomos atrás de outros eventos, como a compra de ambulâncias para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Repomos os estoques de remédios, pagamos débitos com Santa Casa, Hospital do Câncer e Hospital Universitário, e garantimos merenda nas escolas", elencou.

O administrador da cidade também destacou novos investimentos com o Codecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) que deve injetar mais R$ 155 milhões na economia da cidade e gerar 781 novos empregos.

"Ano passado fizeram duas reuniões do Codecon, em três meses nós fizemos cinco. Enviaram dois processos para liberação de empresa para a Câmara Municipal, nós já enviamos 22", disse.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions