A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/08/2011 09:15

Boca-de-fumo é fechada pela manhã e à noite já estava atendendo usuários de droga

Nadyenka Castro

Quatro pessoas foram presas nas duas ações da polícia.

A PM (Polícia Militar) prendeu traficantes duas vezes no mesmo dia e local, na última quinta-feira, no bairro Zé Pereira, em Campo Grande.

Os policiais faziam rondas pelo bairro quando se depararam com um usuário e em conversa com ele, descobriram que a droga havia sido comprada em uma residência da rua João da Mata.

Os militares então foram até a casa e lá apreenderam 16 porções de cocaína escondidas dentro de uma lanterna e R$ 26,40 em cédulas trocadas, situação típica do comércio de entorpecentes.

Na casa estavam três usuários e Ricardo Sena Silva, 34 anos, quem havia vendido cocaína aos demais. Eles se preparavam para uma festa com carne e wiski, cuja procedência não explicaram.

Ricardo foi então autuado em flagrante por tráfico de drogas e os demais liberados.

À noite - A PM foi informada sobre um roubo seguido de agressão e então intensificou as rondas na região do bairro Zé Pereira, onde encontrou dois suspeitos.

Eles foram abordados, confessaram o assalto e disseram que deixaram os objetos roubados e o dinheiro em uma boca-de-fumo.

Os militares então se surpreenderam com o local indicado por Vanderlei Silva, 39 anos, e Wesley Agueros Benitez, 24 anos: a mesma casa em que Ricardo havia sido preso pela manhã.

No local foram apreendidos dois adolescentes de 16 anos, os quais estavam vendendo porções de cocaína. Foram recolhidas no local 21 porções e também dois celulares.

Vanderlei e Wesley foram presos por roubo e os adolescentes apreendidos por tráfico.

Tráfico - De acordo com a PM, o imóvel onde funcionava a boca-de-fumo pertence à família de Ricardo, a qual também está presa por tráfico de drogas.

Segundo a PM, Ricardo era o último integrante da família que ainda não tinha sido preso.

Com a prisão dele, o imóvel ficou ‘abandonado’ e um traficante conhecido no bairro como distribuidor de entorpecentes ‘mandou’ os adolescentes venderem drogas no local.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions