A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

10/01/2017 17:27

Trechos em avenida e rua serão interditados para reconstituição de crime

Reprodução simulada de crime está prevista para começar às 5h40, mas vias estarão interditadas desde às 5h

Luana Rodrigues
Perícia em trabalho no local e dia do crime. (Foto: Alcides Neto/ Arquivo)Perícia em trabalho no local e dia do crime. (Foto: Alcides Neto/ Arquivo)

Após anúncio da polícia sobre o horário da reconstituição da morte do empresário Adriano Correia do Nascimento, 33 anos, a prefeitura de Campo Grande informou que apenas dois trechos na região do local do crime estarão interditados, a partir das 5h da manhã desta quarta-feira (11), para o trabalho da polícia.

As interdições serão na Avenida Ernesto Geisel, entre a rua João Rosa Pires e a Avenida Fernando Corrêa da Costa, e na Rua 26 de Agosto, no trecho compreendido entre as ruas dos Barbosas e  Anhandui.

Segundo a prefeitura, a interdição será feita por agentes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). Os motoristas terão que desviar por vias paralelas e o itinerário dos ônibus também vai mudar.

Ainda conforme o município, são vias alternativas a Rua Orfeu Baís, Travessa Pires de Mattos, Avenida Fernando Corrêa da Costa, Rua Miguel Couto, Rua Calarge, Rua Olavo Bilac e Avenida Fábio Zahran.

Reconstituição - A reconstituição está prevista para começar às 5h40 da manhã desta quarta-feira (11). A polícia não informou se o policial rodoviário federal Ricardo Hyun Su Moon, 47 anos, que está preso, acusado pelo crime, irá participar da reconstituição.

O advogado de defesa, Renê Siufi, também não soube dizer se o cliente vai à reconstituição, mas disse que ele próprio não estará presente. “Não quero atrapalhar a polícia”, afirma.

A Polícia Civil informou ainda que a delegada responsável pelo caso, Daniella Kades, não irá conceder entrevista durante a reconstituição na quarta-feira.

Uma coletiva de imprensa está marcada para o dia 17 deste mês, às 08h30, no auditório da Academia da Polícia Civil, onde, segundo a assessoria, serão esclarecidos detalhes sobre a investigação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions