A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/02/2014 18:28

Três dias após prisão, veterinário acusado de furtar R$ 2 mi em gado é solto

Bruno Chaves

O médico veterinário e ex-gerente de quatro fazendas do Estado que foi preso na última sexta-feira (31) acusado de furtar R$ 2 milhões em gado foi solto pela Justiça de Mato Grosso do Sul. O alvará de soltura foi expedido três dias depois da prisão.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil confirmou que a movimentação do Judiciário ocorreu na tarde de hoje (3). Gustavo Mariosi Silveira, 46 anos, ficou pouco mais de 72 horas detido. A prisão dele foi realizada pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) da Capital.

O veterinário foi flagrado em frente ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho), em Campo Grande. Ele era procurado há dois meses. E como mudou de endereço, sem informar as autoridades, a Justiça decretou a prisão preventiva em dezembro de 2013.

A reportagem procurou o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para ter informações sobre o processo e o alvará. Mas os autos correm em segredo de justiça.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions