A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/06/2011 18:02

Três são presos dirigindo embriagado na saída da Stock Car; 2 não tem CNH

Nadyenka Castro

Flagrantes foram feitos pela PRF

Houve congestionamento na ida para o autódromo. (Foto: João Garrigó) Houve congestionamento na ida para o autódromo. (Foto: João Garrigó)

Três pessoas foram flagradas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) dirigindo embriagadas após terem saído da Stock Car, competição automobilística realizada neste domingo no Autódromo Internacional de Campo Grande, localizado às margens da BR-262, saída para Três Lagoas.

Das três pessoas, duas não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e uma delas estava com os três filhos menores de idade no veículo.

O primeiro a ser preso foi João Marcelo Lima, 39 anos, condutor de um Gol. O exame de alcoolemia apontou 0,64 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ele já pagou fiança e foi solto.

Também foi preso o garçom Marcos da Silva Rosa, 23 anos. Ele não tem CNH e dirigia um Chevete ocupado por outros adultos. O exame de alcoolemia constatou 0,71 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

A comerciante Eliane Pavão Guerra, 35 anos, também não tem CNH e estava com os filhos menores de idade no Fiat Palio que conduzia. O exame dela mostrou 0,44 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

O crime de embriaguez ao volante é afiançável. Ou seja, os autores são soltos assim que a fiança for paga. Além da prisão há multas administrativas e ainda até recolhimento da CNH.

No caso dos dois autores que não têm habilitação, eles também serão responsabilizados criminalmente por dirigirem sem ter a devida permissão.



Essa palhaçada de àlcool...vai ser difícil controlar.
Já existe uma incoerência, quando se permite vender alcool em postos de gasolina.
Carambá! se for dirigir NÃO beba.Mas quem vai comprar bebida alcoolica, e levar para tomar "comportadinho" em casa ?NUNCA...
Sem contar, as rodas que ficam em alguns posto ou nas proximidades dos mesmos.
Se existisse uma lei rígida, muitas morte seriam evitadas.
Ontem no show da Maria Gadú (excelente),haviam pessoas bebendo vodka desde as 17h e lá pelas 19h passaram ingerir cerveja até o final.Sei que é complicado fiscalizar esses irresponsáveis.Mas deveriam limitar a cachaça em locais de grandes shows.
A praça do rádio era ótima anos atrás.Depois que começaram vender o tal alcool ficou complicado também.
Esses negligentes, tomam todas e vão atrapalhar a vida social das pessoas, com suas famílias.Não respeitam ninguém,principalmente cças e idosos.
 
neyde de oliveira em 06/06/2011 12:29:23
por isso que o transito na cidade esta cada vez mais um caos...belo exemplo um pai dirigindo com alcool na veia sem habilitação e com os filhos dentro do veiculo..ele esta ensinado bem os filhos como se comportar no transito..
 
João Antonio em 06/06/2011 09:40:53
Ótimo trabalho da PRF, parabéns a vocês, esses indivíduos sabem e conhece todas as leis, e ainda assim colocam a vida dos próprios filhos em risco, imagine a vida dos outros....
É a chamada autoconfiança, toma duas e três latinhas e acha que ainda este bom, normal pra dirigir.

Mais uma vez parabéns a PRF.
 
Marcos Roberto em 06/06/2011 09:05:10
Parabéns mais uma vez a polícia que prende esses infratores, recebe a fiança e solta, ainda não entendi por que esse tipo de coisa acontece no Brasil, o cara ta bêbado, podendo causar uma tragédia, ai a "justiça" permite ele pagar uma grana e pronto ta resolvido, ele pagou e não há mais o risco de provocar acidentes.
Só no Brasil mesmo!!!!
 
Oswaldo Benites em 06/06/2011 08:49:06
A polícia (PRF) realizou o seu trabalho, porém, poderia ter abordado mais condutores para servir de exemplo. Ainda, se a outra polícia (PM) também realizar mais abordagens no perímetro urbano, sistematicamente, ajudaria no combate aos infratores, seja por uso de bebida alcoolica, drogas, sem CNH, PORTE ILEGAL DE ARMAS e outros delitos. Sugiro que as abordagens seja feita por todas as guarnições em ronda, bairro e centro, principalmente nos bairros, realizem abordagens dos condutores de moto e carro, é certeza que tal ação irá ajudar na diminuição de acidentes e também irá retirar criminosos de circulação.
 
Silva Souza em 06/06/2011 08:46:17
Eu acho que a fiança paga por esses infratores, é muito branda. Tem que fazer essas pessoas sentirem no bolso o peso da irresponsabilidade. E tambem aplicar uma pena disciplinar, prestação de serviços a comunidade.
 
Dirceu junior tonietti de almeida em 06/06/2011 05:02:23
Parabéns à PRF pela ação realizada!
Pegou três maus condutores alcoolizados na blitze, evitando assim possíveis acidentes já que estavam num local onde o trânsito era grande e a velocidade permitida é de 80Km/h..
Porque se dependesse dos agentes da Agetran pra fiscalizar os carros já no perímetro urbano não aconteceria nenhuma autuação... Deve ser por medo de pegar dirigindo alcoolozado algum filho de gente importante não é?!
 
Wellington Sampaio em 05/06/2011 07:04:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions