ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Tribunal de Justiça abre seleção para preencher vaga de Divoncir Maran

Magistrados de entrância especial têm prazo de cinco dias para inscrição

Por Aline dos Santos | 09/04/2024 07:18
Fachada do Gabinete dos Desembargadores do Tribunal de Justiça, no Parque dos Poderes. (Foto: Henrique Kawaminami)
Fachada do Gabinete dos Desembargadores do Tribunal de Justiça, no Parque dos Poderes. (Foto: Henrique Kawaminami)

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) publicou edital para preencher a vaga do desembargador Divoncir Schreiner Maran, que se aposentou no último domingo (dia 7) por idade.

O concurso de promoção será por critério de antiguidade. A partir de hoje, os magistrados de entrância especial têm prazo de cinco dias para formularem pedidos de inscrição. A entrância especial é aquela com cinco ou mais Varas da Justiça, como Campo Grande, Dourados e Corumbá. O salário de desembargador é de R$ 39.717.

Divoncir Maran completou 75 anos e foi aposentado. Ele chegou a ficar afastado do cargo entre 8 de fevereiro e 3 de abril. O magistrado é investigado pela decisão que beneficiou o narcotraficante Gerson Palermo, que acabou fugindo.

Divoncir Maran é investigado por venda de decisão. (Foto: Marcos Maluf)
Divoncir Maran é investigado por venda de decisão. (Foto: Marcos Maluf)

Primeiro, a legalidade da decisão passou a ser apurada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que tem sede em Brasília. Na semana passada, foram realizadas audiências em Campo Grande.

Noutra frente, na esfera criminal, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) autorizou a Operação Tiradentes, realizada pela PF (Polícia Federal) e Receita Federal em 8 de fevereiro, que investiga movimentações financeiras atípicas do desembargador e familiares.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias