A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/10/2016 08:41

Trio se passa por polícia e tenta roubar policial e namorada em praça

Luana Rodrigues

Três homens não identificados tentaram sequestrar um soldado da Polícia Militar de 24 aos e a namorada dele, que tem a mesma idade, na noite desta quarta-feira (12). O caso ocorreu em frente a Praça do Papa, na Rua dos Crisântemos, Vila Sobrinho, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal contou que estava na praça, quando um veículo VW Golf, de cor prata, se aproximou. Dentro do carro havia três homens, que se identificaram como policiais e disseram que havia ocorrido um roubo próximo ao local, cometido por duas pessoas em uma moto vermelha.

Depois da conversa o trio e o casal saíram do local. Segundos as vítimas, na Rua Julio de Castilho, em um semáforo, o carro em que estava o trio teria se aproximado do veículo da namorada do soldado e feito menção a um roubo.

O policial, que estava fardado, disse que desceu do carro, se identificou como soldado e sacou sua pistola. Neste momento, conforme relato do policial, um dos três homens que estavam no carro suspeito também desceu do veículo e sacou uma arma, se identificando como policial civil da Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos).

Após ficarem alguns minutos um sob a mira do outro, o policial disse que o suspeito entrou no carro novamente e fugiu. A vítima disse que conseguiu anotar a placa do carro, que foi checado via celular e consta como veiculo apreendido.

Segundo as vítimas, o motorista do carro suspeito era negro com barba grande, trajava camisa listrada em cores vermelha, preto e branco e calça jeans, aparentava ter 29 anos e cerca de 1,80 metros de altura; um dos passageiros era moreno, sem barba, vestia camiseta de cor bege e calça jeans, tinha aproximadamente 1,78 de altura e 21 anos; o terceiro elemento estava de camisa amarela, calça jeans, tinha barba e cerca de 1,82 de altura, aparentando ter 20 anos.

A namorada do policial contou a polícia que chegou a ser abordada novamente pelos suspeitos na Avenida Presidente Vargas, mas conseguiu fugir deles. A polícia fez buscas pela região, mas não encontrou os suspeitos. O caso foi registrado como ameaça e será investigado.



Matéria confusa. Mal editada, com erros de gramática. Precisam melhorar.
 
Adriana Paiva em 13/10/2016 13:31:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions