A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/10/2011 21:43

TV Brasil Pantanal lança álbum “Talentos de Nossa Terra” e nova grade

Paula Maciulevicius

A nova grade inclui programas de esporte, entrevista, música e meio ambiente que vão agradar o público interessado em cultura e entretenimento

Governador inaugurou espaço que vai preservar quase três décadas da TV pública do Estado. (Foto: Pedro Peralta)Governador inaugurou espaço que vai preservar quase três décadas da TV pública do Estado. (Foto: Pedro Peralta)

A TV Brasil Pantanal lançou nesta noite, seis álbuns do projeto “Talentos de Nossa Terra” e inaugurou a Sala da Memória Pedro Porfírio, com equipamentos, fotos e vídeos que contam os 27 anos de história da TV pública estadual.

Os seis álbuns foram entregues a artistas regionais para divulgarem seus trabalhos com qualidade e padrões internacionais. As imagens e sons dos artistas foram captados no programa Estúdio 104, exibido pela TV Brasil Pantanal aos domingos, às 22h, e agora reunidos em DVDs vão poder mostrar ao público a diversidade da música regional.

Durante o evento, o governador André Puccinelli (PMDB) aproveitou para dar a deixa da explosão do sertanejo em todo país.

“Há 10 anos não se imaginava tantas duplas e cantores como Luan Santana divulgando o nome de Mato grosso do Sul. Nós temos que fazer a mesma coisa com todos os ritmos. Divulgar nossos artistas para nos orgulharmos dos valores do Estado”, disse o governador.

Os seis álbuns lançados contêm cinco DVDs cada um, com trabalhos de 30 músicos e bandas regionais como Barulho Zen, Bêbados Habilidosos, Zuka, Skin Nativa, Rastro, K da Coiza, Delay e Zíngaro, Geraldo Espíndola, Aurélio Miranda, entre outros.

Com o material em mãos, artistas da terra vem a oportunidade de divulgar o trabalho fora do Estado.

“Isso vai alavancar o trabalho daqueles que buscam seu lugar ao sol”, comenta Aurélio Miranda. (Foto: Pedro Peralta)“Isso vai alavancar o trabalho daqueles que buscam seu lugar ao sol”, comenta Aurélio Miranda. (Foto: Pedro Peralta)

O cantor e compositor Aurélio Miranda vê o projeto como estímulo aos valores da terra.

“Só o Estado em si já é um celeiro de grandes artistas. Isso vai alavancar o trabalho daqueles que buscam seu lugar ao sol”, reforça o artista que tem pelo menos 40 de trajetória.

Entre os eventos que marcam a comemoração dos 27 anos de TV Brasil Pantanal, foi inaugurado também o espaço que pretende preservar a história de quase três décadas da TV pública de Mato Grosso do Sul, com a exposição de objetos e equipamentos usados desde a criação, em 1984.

A Sala da Memória recebeu o nome de Pedro Coutinho da Rocha Porfírio, em homenagem a um dos funcionários mais antigos da TV e que faleceu em 28 de novembro de 2003, aos 50 anos.

Entre os equipamentos expostos ao público constam uma câmera Umatic, um teleprompter de esteira usado desde a década de 1980 e um microfone doado pela Fundação Roquete Pinto para a 104 FM.

Em dois grandes painéis montados, fotografias mostram os profissionais que ajudaram a contar essa história. Além da exposição, a sala da memória também vai exibir uma série de interprogramas, com dois minutos de duração, que mostram imagens e fotografias dos antigos programas, com depoimentos de pessoas que participaram dos projetos.

Para a diretora-presidente da Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e Televisão Educativa de Mato Grosso do Sul), Mariângela Yule a Sala da Memória é mais que resgatar a história da TV, como possibilitar também aos visitantes conhecerem de perto toda trajetória da TV pública do Estado.

Programação - A nova grade da TV Brasil Pantanal inclui programas locais de esporte, entrevista, música e meio ambiente que vão agradar o público interessado em cultura e entretenimento.

Com os programas Primeira Pessoa, Giro do Esporte, Som da Concha e os interprogramas Plantas do Cerrado, a TV Brasil Pantanal oferece uma alternativa para os telespectadores que se preocupam com o conteúdo da televisão que assistem.

Para os ouvintes, a 104 FM, um novo programa está para ser lançado, “Clássicos” deve ser transmitido aos domingos, logo após o “Encontro de Gerações”, com Ciro de Oliveira, e reapresentado à noite. O nome ainda não foi definido, mas o gerente da 104, Rodrigo Maia, antecipa que pode ser o maestro Eduardo Martineli.

“Toda a programação de domingo a domingo é nova. Voltamos com dois antigos programas, o Blues e Derivados e o Encontro de Gerações no final de semana”, ressalta Rodrigo Maia.

Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


meu querido e amado governador, nao se esqueça do pagode tambem, tem um grupo que se chama SAMBA 10 que e um sucesso na internet que e de campo grande ms, eles colocaram um musica e num final de semana tiveram mais de 200 mil acessos, da um olhadinha pra eles .
 
luiz fernandes em 20/10/2011 08:37:23
Parabéns!!!!!! Mas não esqueçam do Juca Ganso. Que foi, é , e será tudo de bom para nós.
 
Ivanir Aparecida Lucas Pulcherio em 20/10/2011 08:31:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions