A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

09/05/2011 09:48

UFMS realiza segunda reunião para discutir segurança no campus da Capital

Ítalo Milhomem

A comissão de segurança organizada pela administração da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) para discutir a situação da insegurança no campus de Campo Grande após o estupro de uma acadêmica no mês passado está reunida nesta manhã para definir um novo plano de segurança para a Instituição.

A comissão é constituída por representantes de servidores da Universidade, acadêmicos, MPF (Ministério Público Federal), Polícia Civil, Polícia Militar e Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

Na primeira reunião foi no dia 18 de abril foi apresentado alguns entraves na segurança do campus como a dimensão da universidade e a grande circulação de pessoas e veículos dentro da cidade universitária.

A instituição afirmou que o índice de criminalidade registrado pelo serviço de vigilância da Instituição na Capital nos últimos são é baixa e que o único caso de repercussão foi o estupro da jovem acadêmica.

O NIN (Núcleo de Informativa) está desenvolvendo um sistema para registro de ocorrências online para que se possa ser mensurada o número de crimes que ocorrem dentro do campus.

A comissão estuda também a instalação de monitoramento eletrônico por meio de câmeras, no campus e a instalação de cinco postos de segurança armada. O fechamento da ponte que liga o CCHS ao Departamento de Química e da própria Cidade Universitária.

A universidade já tomou algumas medidas na segurança após o crime que chocou os estudantes do campus, como a disponibilização de um ônibus disponibilizado para fazer o translado Biblioteca Central-Departamento de Química-Biblioteca Central,e o reforço de segurança nas pontes que ligam o CCHS ao Departamento de Química e ao Hospital Universitário. Medidas simples também foram realizadas como a poda de árvores e a troca de iluminárias queimadas.

Sem identificação, baleado no Jardim Colibri morre na Santa Casa
Morreu na Santa Casa de Campo Grande, homem encaminhado depois de ter sido baleado, esta noite (22) na Rua Carricá, no bairro Alves Pereira, região d...
Suspeito é atingido por pelo menos três tiros no Jardim Colibri
Suspeito, ainda não identificado, foi baleado com pelo menos três tiros, esta noite (22) na Rua Carricá, no Alves Pereira, região do Jardim Colibri, ...
Idosa de 63 anos é amarrada enquanto bandidos faziam "limpa" em sua residência
Idosa, de 63 anos, foi mantida refém enquanto um casal de bandidos roubava sua residência, esta tarde (22) na Vila Nova Campo Grande, na Capital. Do ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions