A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/07/2014 10:27

Usina terá R$ 5,4 milhões, mas fica pronta após prazo para fim de lixão

Aline dos Santos
Prazo para acabar com lixão termina em 2 de agosto. (Foto:Marcos Ermínio)Prazo para acabar com lixão termina em 2 de agosto. (Foto:Marcos Ermínio)

A obra da UTR (Unidade de Triagem de Resíduos) terá recursos de R$ 5,4 milhões - custeados pela Prefeitura de Campo Grande e a empresa CG Solurb, que venceu licitação para fazer a gestão dos resíduos sólidos -, mas deve ficar pronta fora do prazo estabelecido na Lei Federal 12.305/2010, que prevê o fim dos lixões até 2 de agosto deste ano.

De acordo com o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, a responsabilidade contratual de fazer a obra da UTR era do poder público, mas a empresa vai repassar R$ 1,8 milhão para a obra e R$ 3 milhões para o equipamento.

A Prefeitura vai investir R$ 600 mil de saldo de contrato. Os valores investidos pela empresa serão amortizados no contrato. A previsão é que a obra fique pronta no fim de novembro. Foi feita a limpeza do terreno e encomendados a estrutura pré-fabricada de concreto e os equipamentos.

A ativação da UTR vai permitir o fechamento da zona de transição. Como os trabalhadores dependem da coleta de materiais recicláveis, o lixo é depositado em um terreno antes de seguir para o aterro sanitário. A triagem reduz o volume de resíduos, aumentando a vida útil do aterro. São 444 trabalhadores cadastrados.

Em maio, a zona de transição chegou a ser fechada por ordem judicial. A Prefeitura recorreu e a liminar foi derrubada pelo presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Joenildo de Sousa Chaves. Pela decisão do desembargador, se a UTR não estiver em funcionamento até 2 de agosto de 2014, o Poder Executivo estará descumprindo a lei federal.

Acesso ao lixão só será permitido com uso de crachá, prevê acordo
O TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), firmado nesta quinta-feira (5) no Ministério Público do Trabalho, prevê que o acesso ao lixão, na saída para...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions