A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/10/2014 07:11

Usuários viviam em casa onde mulher morreu carbonizada, dizem vizinhos

Aliny Mary Dias
Casa está isolada e perícia deve fazer novos trabalhos no local ainda hoje (Foto: Marcos Ermínio)Casa está isolada e perícia deve fazer novos trabalhos no local ainda hoje (Foto: Marcos Ermínio)

A morte de Lucinda Ferreira Torres, de 41 anos, ainda é um mistério entre vizinhos da casa situada no Jardim Colúmbia. Lucina morreu carbonizada na noite de ontem (13) e conforme relatos de alguns moradores, duas pessoas que viviam na casa eram usuários de drogas.

A casa onde Lucinda foi encontrada morta foi parcialmente destruída pelas chamas. Todos os móveis foram consumidos pelo fogo, só as paredes restaram em pé, dentro do imóvel as cinzas predominam. Até as janelas estão retorcidas e alguns moradores relatam terem ouvido barulho de explosão.

Assustados com a situação, vizinhos preferem o silêncio. Mas uma delas, que pediu para não ser identificada, afirma que das outras três pessoas que estavam na casa, Edina, Daniel e Hélio, as duas primeiras são conhecidas por usarem entorpecentes. Lucinda não vivia na casa onde foi encontrada morta.

O local ainda permanece isolado e a perícia da Polícia Civil deve fazer novos trabalhos durante a manhã desta terça-feira. O caso foi registrado como homicídio qualificado pelo emprego de fogo e lesão corporal dolosa, mas nenhuma outra pessoa além de Lucinda foi relacionada na ocorrência, como suspeito ou testemunha.

Móveis e tudo que havia dentro da casa foi atingido pelas chamas (Foto: Marcos Ermínio)Móveis e tudo que havia dentro da casa foi atingido pelas chamas (Foto: Marcos Ermínio)
Vários itens estão espalhados dentro da residência (Foto: Marcos Ermínio)Vários itens estão espalhados dentro da residência (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions