A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

21/10/2019 18:03

Vacinação contra sarampo está abaixo do esperado, alerta Sesau

No sábado, quando temporal atingiu Campo Grande, procura foi menor e salas chegaram a ser fechadas

Marta Ferreira
Local de vacinação que chegou a ser fechado no sábado, por causa da chuva forte. (Foto: Kísie Ainoã)Local de vacinação que chegou a ser fechado no sábado, por causa da chuva forte. (Foto: Kísie Ainoã)

Apesar do retorno da doença, a procura pela vacina contra o sarampo em Campo Grande está aquém do esperado, segundo alerta da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública). Nos primeiros dez dias de campanha, lançada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a cobertura atingiu menos de 60% das crianças com menos de 1 ano, público considerado prioritário, segundo divulgou a Sesau.

A primeira etapa da campanha com foco nas crianças com mais de 6 meses e menos e cinco anos segue até o dia 25. Durante o período da campanha, até a última sexta-feira, 588 crianças entre seis e dose meses de idade tinham sido imunizadas. Antes desse prazo foram 3475 doses aplicadas nesse público.

A vacina, a partir dos 12 meses de idade, faz parte do calendário de imunização. Em Campo Grande, um caso de sarampo foi confirmado este ano, de um bebê de dez meses que tinha viajado para o estado de São Paulo. O estado vizinho é responsável por 98% dos casos registrados.

Risco - O sarampo é uma doença de fácil contágio. No início, os doentes apresentam febre alta, tosse e corrimento nasal, podendo ser facilmente confundida com uma gripe. Depois de prazo em torno de quatro dias dos primeiros sintomas, a pessoa começa a apresentar marcas avermelhadas pelo corpo.

Nas crianças com menos de um ano de idade, a principal preocupação é a evolução que a doença pode ter, podendo provocar pneumonia, diarreia – que resulta em desidratação e desnutrição do paciente -, e encefalite, sendo de extremamente perigosas, principalmente nessa faixa etária.

Chuva atrapalhou - No sábado (19) foi realizado o “Dia D” de vacinação contra o sarampo, mobilizando mais de 400 servidores nas 65 salas de vacinas em Campo Grande. Além de diminuir a busca pela vacinação, a chuva provocou estragos e salas foram fechadas.

A primeira dose da vacina, aplicada aos 12 meses, está na rotina de vacinação das unidades de saúde. A vacinação continua em todas as unidades básicas de saúde e da família, e nos finais de semana nos Centros Regionais de Saúde.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions