ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Veja como ficarão Avenida Três Barras e Ricardo Brandão depois das obras

Projeto prevê redução da rotatória e semaforização para desafogar trânsito

Adriel Mattos | 17/08/2021 18:14
Maquete virtual mostra como ficará a região da Três Barras depois do reordenamento.
Maquete virtual mostra como ficará a região da Três Barras depois do reordenamento.
Ilustração mostra como ficará a Avenida Ricardo Brandão. (Foto: Divulgação/PMCG)
Ilustração mostra como ficará a Avenida Ricardo Brandão. (Foto: Divulgação/PMCG)

Deve começar ainda neste ano, o projeto de reordenamento viário da rotatória das avenidas Três Barras, José Nogueira Vieira e Marquês de Lavradio. A prefeitura de Campo Grande vai investir R$ 977,7 mil.

Como foi feito na rotatória das ruas Joaquim Murtinho e Ceará com a Avenida Eduardo Elias Zahran, a rotatória da Três Barras será reduzida para desafogar o trânsito. Além disso, serão instalados conjuntos semafóricos com 20 porta-focos e adoção da mão-única em uma quadra da Rua Domingos Jorge Velho.

A Domingos Jorge Velho será mão única nesta quadra, para quem vem do Bairro Vilas Boas. Com a conversão para a Três Barras proibida, o motorista terá que virar à direita, na Manoel da Nóbrega e depois à esquerda, na Miguel Sutil.

Rua Domingos Jorge Velho será mão única na última quadra. (Arte: Henrique Lucas/Campo Grande News)
Rua Domingos Jorge Velho será mão única na última quadra. (Arte: Henrique Lucas/Campo Grande News)

E com a remoção de parte da rotatória, será feita a readequação e construção de canteiros, onde serão instalados os semáforos, acabando com o estreitamento da Avenida Três Barras neste trecho.

Por fim, ainda será executada a pavimentação de um trecho de 200 metros das ruas Manoel da Nóbrega (paralela à Três Barras) e de 70 metros da Miguel Sutil (transversal à Três Barras).

O edital de licitação deve ser lançado em breve, mas a prefeitura garante que as obras começam ainda este ano. A previsão é de que o serviço dure, pelo menos, três meses.

Ricardo Brandão - Na rotatória da Ricardo Brandão com a Pestalozzi, o projeto terá menor impacto e não terá custo para o Poder Público. A obra será executada pela MRG Engenharia, como contrapartida da construção de um condomínio na região.

Após a rotatória, no sentido Centro, o canteiro central diminuirá. O projeto prevê a uniformização do canteiro e a semaforização.

Nos siga no Google Notícias