ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Veja quem pode se vacinar hoje na Capital

Público foi ampliado para atender pessoas acima de 18 anos que possuem comorbidades

Por Jhefferson Gamarra | 27/03/2021 08:43
Público deve comprovar com laudo ter uma das doenças previstas e ainda, é obrigatório o cadastro online (Foto: Paulo Francis)
Público deve comprovar com laudo ter uma das doenças previstas e ainda, é obrigatório o cadastro online (Foto: Paulo Francis)

O calendário de vacinação contra covid-19 em Campo Grande foi ampliado e agora, além do público com 67 anos, pessoas entre 18 e 60 anos com comorbidades podem receber a imunização neste sábado (27).

Entre os maiores de 18 anos, entram na lista da imunização pessoas autistas, deficientes mentais, com síndrome de Down, que tenham paralisia cerebral, distrofia muscular, deficientes visuais ou auditivos ou traque ostomizados.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) pede que essas pessoas com deficiência procurem o drive-thru no Parque Ayrton Senna ou o Ginásio Guanandizão. Esse locais foram preparados com equipes para acolher os novos grupos.

Também incluídos no público a partir dos 18 anos estão os transplantadas, renais crônicos em diálise ou pacientes oncológicos com doença ativa e em tratamento.

A população com 60 anos ou mais são incluídas nesta fase, mas desde que comprovem ser imunossuprimidas, portadoras de pneumopatias crônicas graves ou gastrostomizados poderão receber a dose da vacina.

Para receber a imunização é necessário se cadastrar no site de vacinação da prefeitura. Outra informação ressaltada pela administração municipal, é que a população com as comorbidades descritas precisarão apresentar laudo médico no ato de vacinação.

Para maiores de 67 anos, neste sábado, estarão abertas unidades básicas dos bairros Coronel Antonino, Arnaldo Estevão de Figueiredo, Dona Neta, Albino Coimbra e Coophavilla, além do drive-thru do Parque Ayrton Senna, Guanandizão e Seleta.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário