A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/11/2013 10:39

Viatura demora e vizinhos quebram caixa d'água para apagar fogo

Aliny Mary Dias e Graziela Rezende
Casa ficou parcialmente destruída depois do incêndio (Foto: Pedro Peralta)Casa ficou parcialmente destruída depois do incêndio (Foto: Pedro Peralta)

Um incêndio, que destruiu uma casa localizada na Rua Astúrio Luis Braga, no Bairro São Conrado, foi motivo de revolta de cerca de 40 vizinhos na manhã desta sexta-feira (29). Segundo o relato dos moradores, o Corpo de Bombeiros demorou cerca de uma hora para enviar uma viatura de combate a incêndio.

As chamas começaram por volta das 9h30 e uma criança de 5 anos, identificada como Mateus estava dentro da casa. Em razão do menino, a corporação enviou uma viatura de resgate que estava localizada no quartel do bairro Tijuca, distante 20 minutos do bairro.

Quando os socorristas chegaram, a criança já havia saído da casa e não precisou de atendimento médico. Com a demora da viatura de combate ao incêndio, conhecida como ABT (Auto Bomba Tanque) e que estava baseada no quartel do centro, os vizinhos resolveram apagar as chamas sozinhos.

Cerca de 40 pessoas colocaram camisetas no rosto e até quebraram a caixa d’água para ajudar a resfriar a casa. Apesar do esforço dos moradores, a casa de alvenaria foi praticamente destruída pelas chamas.

Conceição Cordeiro, de 42 anos, é vizinha da casa e contou à reportagem que ouviu os gritos de socorro do menino. “Foi o tempo de perder tudo. O menino estava assistindo televisão e chamou para pedir socorro aos vizinhos e mais de uma hora depois nada. Eu desliguei o padrão e o pessoal foi apagar”, contou a mulher.

De acordo com a corporação, mais de mil litros de água foram gastos do combate. E a parte mais atingida da casa foi a cozinha, local provável onde as chamas começaram. A única vítima atendida pelos bombeiros é a dona da casa que sofre de pressão alta e se sentiu mal no local.

Vizinhos precisaram ajudar no combate das chamas (Foto: Pedro Peralta)Vizinhos precisaram ajudar no combate das chamas (Foto: Pedro Peralta)
Viatura de combate demorou mais de 1 hora para chegar ao local (Foto: Pedro Peralta)Viatura de combate demorou mais de 1 hora para chegar ao local (Foto: Pedro Peralta)
Até caixa d'água precisou ser quebrada para evitar estragos maiores (Foto: Pedro Peralta)Até caixa d'água precisou ser quebrada para evitar estragos maiores (Foto: Pedro Peralta)


Pois é, o que ninguém contou na reportagem é que tinham homens trabalhando no asfalto que dá acesso a essa rua. Sim, culpem a maldita mania que a prefeitura tem de só asfaltar as ruas onde o ônibus passa. Ou seja, tava um caos para passar na rua. Se eu tive dificuldade de transitar com um Fiat UNO. imagina um caminhão dos bombeiros
 
Eddie Allen em 29/11/2013 19:33:13
(Alexandre) Se você leu a notícia notou que a viatura de RESGATE que estava no TIJUCA chegou antes da ABT (Auto Bomba Tanque) que estava baseada no quartel do CENTRO.
Os BOMBEIROS fazem o máximo para prestar um bom atendimento, ARRISCAM até mesmo suas vidas. O fato é que NÃO POSSUEM AMPARO ALGUM das AUTORIDADES. Falta desde FARDAMENTO BÁSICO até equipamentos como MÁSCARA, LUVAS e, inclusive carros para prestar socorro.

Divulga-se compra de viaturas ( por milhões), pinta-se uma cena de "mil maravilhas", mas o fato é que os bombeiros ainda fazem verdadeiro milagre trabalhando com o que tem.

É revoltante ter de esperar 1h por socorro, mas deve-se exigir melhoria do poder público. O povo deve deixar de ser comprado e exigir melhoria a quem é de direito caso contrário isso só tende a piorar
 
Jessica Nadine em 29/11/2013 15:24:35
Os bombeiro são verdadeiros heróis alguma coisa aconteceu como sempre culpam os heróis vão ver como estão as viaturas tds quebradas fundidas sucatiadas e eles não podem fala isso e claro se falar sofrem penas, do tijuca ao são conrrado não da nem 5 minutos.
 
Marcia Oliver em 29/11/2013 13:36:29
Hoje o Corpo de Bombeiros possui um Comandante Geral que é da reserva e esta no Poder há mais de 6 anos fora que o meso foi Comandante Geral na época do Dr Wilson, para se segurar no Poder fica omitindo a verdade, hoje o CBM não possui viaturas suficientes para atender a capital e nem o interior, falta homens, falta equipamentos e até fardamentos, e pior que eles vem até a imprensa e fala que esta tudo bem, a verba para manutenção da frota não passa de 60 mil reais, agora esse valor é para atender mais de 200 viaturas....isso é uma piada. Hoje se brinca de Bombeiros, falta treinamento, falta profissionalismo de muitos da Corporação, principalmente dos Oficiais. Hoje o Bombeiro virou um cabide de emprego, tem um punhado de oficiais da reserva convocado só para ganhar mais, sem fazer nada.
 
Paulo Silvano em 29/11/2013 12:50:44
olha a informação que foi no bairro sao conrado esta errada, foi no bairro Caiobá II, eu presenciei o fato, as vezes pode ter sido esse o motivo da demora, a informação de endereço errado!
 
misael rezende em 29/11/2013 12:39:19
Sim, a moça que ficou cuidando da criança es pais que a deixaram com a irresponsável.
 
claudio franco em 29/11/2013 12:26:18
Conheço alguns militares do corpo de bombeiros e sei a grande maioria deles ''não são apenas funcionários público'' mas sim heróis que buscam atender as ocorrências com a máxima rapidez, eficácia e eficiência. Sei que o comandante saberá explicar o que deve ter ocorrido.
 
Luciano Siqueira em 29/11/2013 11:40:53
Do bairro Tijuca até o São Conrado não demora nem 5 minutos(pela Av. Ludio Coelho)! As explicações dos bombeiros estão erradas e deve ter coisa pior ai que eles por medo de represálias não falam(defeitos em viaturas, falta de combustíveis, etc... .) ou simplesmente erro do efetivo de plantão! Isso deve ser investigado pois a família perdeu uma casa, pertences e uma vida(do garoto de 5 anos) correu risco de morrer durantes 20 minutos num trajeto de 5 ! Alguém tem de ser punido !
 
Alexandre de Souza em 29/11/2013 11:17:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions