A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

24/12/2017 08:15

Vídeo: ex-presidiários brigam e um tenta matar o outro com facão

Crime aconteceu com o dia ainda claro, no loteamento Cristo Redentor; vítima precisou ser transferida de UPA para Santa Casa da Capital

Liniker Ribeiro e Geisy Garnes
Suspeito efetuando golpes com facão contra vítima Suspeito efetuando golpes com facão contra vítima

Um homem de 28 anos foi preso em flagrante suspeito de tentar matar o "amigo" em uma conveniência do loteamento Cristo Redentor, em Campo Grande, no ínicio da noite de ontem (24). A vítima, um homem de 35 anos, foi atingida por golpes de facão, sofrendo ao menos três ferimentos pelo corpo.


Segundo o boletim de ocorrência, o crime aconteceu por volta das 19h, em um estabelecimento da rua Tereza Garcez Pain. O homem ferido estava no local acompanhado da esposa, quando o suspeito teria chegado bastante agressivo, discutido com ele e, em seguida, retirado o facão da cintura e ido em sua direção.


Imagens do circuito interno de segurança, disponibilizadas para polícia, mostram que o crime aconteceu com o dia ainda claro e que houve empurrões e uma tentativa do funcionário da conveniência de tentar amenizar a situação, antes de que os golpes de faca fossem efetuados. A vítima procurou fugir do autor e se esconder entre os utensílios dentro do estabelecimento, mesmo assim, acabou encurralado pelo suspeito.


É possível ver também o momento em que o autor retira o armamento da cintura e ameça a vítima, assim como as oito vezes em que ele efetua golpes contra a outra pessoa. Com um pedaço de ferro, a vítima, que aparece nas imagens sem camisa, consegue afastar o suspeito. Ambos seguem para fora do recinto e, de acordo com a polícia, o autor ainda teria perseguido o homem por meia quadra, antes de desistir e ir embora.


Com ferimentos no ombro esquerdo e nos dois braços, o homem atingido com facão procurou atendimento médico na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Universitário, mas devido aos ferimentos, precisou ser transferido para a Santa Casa da Capital.


Após relato de testemunhas, a policia localizou o endereço do suspeito e encontrou o mesmo saindo de casa para procurar atendimento médico. Ele apresentava ferimento na panturrilha direita e, depois de ser liberado pela equipe médica, foi preso pela equipe policial e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga.


Aos policiais, o autor revelou ter conhecido a vítima no ano de 2015, quando os dois cumpriam detenção no Presídio de Triagem da Capital e que teria cometido o crime por ter sido ameaçado e ferido anteriormente pela vítima, por isso precisou buscar atendimento médico.


Mas, para o delegado que registrou o caso, Cleverson Alves dos Santos, o ferimento na perna do suspeito pode ter sido causado pelo objeto branco que a vítima tentou se defender dos golpes de faca e não momentos antes da tentativa de homicídio. "Pelas imagens é possível ver que ele não estava com nenhum ferimento na perna, então isso pode ter acontecido na hora da confusão", afirmou o delegado.


A esposa do autor revelou aos policiais que os dois homens haviam se desentendido minutos antes e que a vítima teria dito "fica esperto", em tom de ameça, para o marido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions