ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Vídeo mostra perseguição que acabou com suspeito de roubo morto pela PM

Policiais socorreram rapaz para Santa Casa, mas ele morreu 10 minutos após ser atendido

Por Ana Oshiro | 17/09/2021 09:29

Vinicius Salazar Canhete, de 20 anos, foi morto com um tiro, na noite desta quinta-feira (16), no Bairro Morada Verde, região norte de Campo Grande. O jovem levou um tiro na clavícula, ele chegou a ser socorrido, mas morreu na Santa Casa de Campo Grande, 10 minutos após chegar no hospital. No vídeo acima, é possível ver o jovem sendo perseguido e, ao fundo, as luzes da viatura no local onde ele foi atingido.

De acordo com o registro policial, a Polícia Militar fazia rondas na região do Bairro Estrela do Sul, no cruzamento da Rua das Balsas com a Av. Pref. Heráclito José Diniz de Figueiredo, quando foram informados que um homem armado, em uma moto preta, havia roubado um celular da marca iPhone, no Bairro Vila Nasser e fugido para a região do Nova Lima.

Minutos depois, os policiais viram uma moto com as mesmas características da que foi usada no assalto e tentaram abordar o motociclista, que fugiu e só parou na Rua Albatroz, no Bairro Morada Verde. No momento da abordagem, o jovem tirou uma arma da cintura e atirou contra a porta direita da viatura, o policial revidou e disparou duas vezes contra o jovem, acertando uma das balas na clavícula do rapaz.

Sangue de Vinicius ficou em calçada onde ele foi atingido. (Foto: Marcos Maluf)
Sangue de Vinicius ficou em calçada onde ele foi atingido. (Foto: Marcos Maluf)

Ao verem que o jovem ainda estava vivo, os policiais acionaram o Corpo de Bombeiros Militar, mas o atendimento demorou muito e a própria equipe da PM levou o suspeito para a Santa Casa de Campo Grande. No hospital, o rapaz foi atendido, mas morreu 10 minutos depois e foi então identificado como Vinicius.

A equipe médica entregou para a polícia um celular da marca Samsung, R$ 1137,00 e um revólver calibre .32, que estavam com o jovem. A arma usada pelo rapaz estava com seis munições, sendo cinco intactas e uma deflagrada. Ele morreu com uma parada cardiorrespiratória. O celular que teria sido roubado por Vinicius não foi localizado.

Arma que estava com Vinicius foi apreendida. (Foto: Direto das Ruas)
Arma que estava com Vinicius foi apreendida. (Foto: Direto das Ruas)

Tudo que estava com Vinicius foi apreendido, a arma que o policial usou, uma pistola de calibre .40, também foi recolhida para passar por perícia, assim como a viatura que atendeu a ocorrência. Vinicius estava em uma moto Honda Titan Preta, que foi encaminhada para a 2ª Delegacia de Polícia Civil, que deve investigar a morte do jovem.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, como homicídio simples na forma tentada e homicídio decorrente de oposição a intervenção policial.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, Vinicius não tinha passagens por furto ou roubo. No nome do jovem, há passagens por ameaça, injúria e lesão corporal dolosa, todas com agravante de violência doméstica, registradas em março deste ano.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário