A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

08/05/2018 15:13

Vingança motivou assassinato de gari, afirma delegado

Quando era adolescente, gari atirou em um homem e hoje (8) a “dívida” pode ter sido cobrada pelo irmão dele

Guilherme Henri e Danielle Valentim
Cena do crime foi isolada pela Polícia Militar (Foto: Danielle Valentim)Cena do crime foi isolada pela Polícia Militar (Foto: Danielle Valentim)

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de que o assassinato de Elcio Rodolfo Armindo Filho, 24 anos, foi motivado por vingança. Quando era adolescente, o gari atirou em um homem e hoje (8) a “dívida” pode ter sido cobrada pelo irmão dele, revelou o delegado Edemilson Roller, da 6ª DP (Delegacia de Polícia).

Elcio era trabalhador da Solurb e descansava em frente a um Espetinho, na rua Verdes Mares, no Jardim Corcovado, quando foi morto com pelo menos seis tiros a queima roupa. O suspeito estava a pé e fugiu logo depois de balear a vítima.

Conforme o delegado, a polícia já tem a identificação do atirador, porém não divulgou o nome para não atrapalhar as investigações. “Na adolescência, Elcio atirou em um rapaz, que ficou paralítico e depois morreu. Esta “dívida” pode ter sido cobrada hoje pelo irmão dele”, explica o delegado.

A suspeita já havia sido levantada por familiares da vítima, que na cena do crime contaram sobre o acerto de contas.

Porém, Edemilson não descarta outras hipóteses que podem ter motivado o crime. “Policiais do GOI (Grupo de Operações e Investigações) estão nas ruas a caça do suspeito”, adianta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions