A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

25/10/2008 09:20

Captação de rins pós-morte caiu pela metade em 4 anos

Redação

A fila de pessoas à espera de um doador de rim aumenta na mesma proporção que a angústia dos renais crônicos. No entanto, o número cirurgias que poderão colocar um fim ao sofrimento dos pacientes não cresce no mesmo ritmo.

Nos dez meses deste ano, apenas oito transplantes de doares mortos foram feitos em Mato Grosso do Sul.

Há quatro anos, José Roberto Ost, 55 anos, faz hemodiálise. Ele está pronto para receber um transplante e engrossa a fila que tem mais de 300 pessoas à espera de um rim.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions