A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

31/10/2008 16:27

Cartório que registrou nome complicado pode ser punido

Redação

A Corregedoria Extra-Judicial da Comarca de Barretos (SP) deve investigar a conduta e pode punir o oficial do Cartório de Registro Civil de Ilha Solteira (SP), responsável pelo registro de Wonarllevyston Garlan Marllon Branddon Bruno Paullynelly Mell, de 13 anos. O menino, com sete nomes complicados, conseguiu na Justiça de Mato Grosso do Sul a alteração do registro, em setembro do ano passado.

Hoje, ele e a família vivem no Mato Grosso. Por sofrer constrangimento na escola, o adolescente pediu à mãe que apenas o primeiro nome fosse mantido na certidão de nascimento, por gostar de Wonarllevyston, apesar de ser conhecido como Bruno pelos amigos.

A mãe se chama Dalvina Xuxa, é dona de casa, e em entrevista ao portal G1 revelou um histórico de nomes estranhos na família.

Ela contou ter acrescentado

Saúde de índios é a mais afetada pela retirada dos médicos cubanos de MS
Com o impasse gerado entre o presidente eleito Jair Bolsonaro e o governo de Cuba, que decidiu retirar os profissionais do programa “Mais Médicos”, M...
Detran fecha, mas vistoriadoras mantêm atendimento nesta sexta e sábado em MS
O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) fecha durante este feriado da Proclamação da República, mas vistoriadoras mantêm atendimento nesta sexta...
Beneficiados pelo Novo Fies têm até 30 de novembro para aditar contratos
Vai até o dia 30 de novembro o prazo de renovação de contratos do Novo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Cerca de 50 mil estudantes assinaram...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions