A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

13/12/2015 09:46

Cartórios esperam decisão do TJ para incluir CPF em Certidão de Nascimento

Flávia Lima
Oficial de registro civil Ricardo Donini diz que serviço vai dificultar fraudes contra a Receita Federal. (Foto:Fernando Antunes) Oficial de registro civil Ricardo Donini diz que serviço vai dificultar fraudes contra a Receita Federal. (Foto:Fernando Antunes)
Os pais da pequena Ana Clara lamentam que a filha de apenas seis dias não poderá desfrutar do benefício. (Foto:Fernando Antunes)Os pais da pequena Ana Clara lamentam que a filha de apenas seis dias não poderá desfrutar do benefício. (Foto:Fernando Antunes)

Já disponível em seis estados, incluindo o Distrito Federal, o serviço que permite a emissão do CPF (Cadastro de Pessoa Física) no momento em que é feito o registro da Certidão de Nascimento ainda não está disponível nos cartórios de registro civil de Mato Grosso do Sul.

No entanto, o presidente da Arpen-MS (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Mato Grosso do Sul), Luis Alberto Degani de Oliveria, acredita que o serviço estará liberado nos próximos dias. “Estamos aguardando uma posição do Tribunal de Justiça do Estado, que é o responsável por autorizar os cartórios a oferecerem a inclusão do CPF”, explica.

Luis Alberto diz que após a liberação do serviço, que é oferecido de forma gratuita a população, os cartórios de registro civil do Estado que ainda não forem filiados a CRC (Central de Informações do Registro Civil), devem se cadastrar no sistema, desenvolvido pelo Estado de São Paulo, para poder emitir o CPF, que será impresso na certidão sem qualquer custo, assim como já ocorrem com as certidões.

Ele ressalta que através do sistema também é possível solicitar todo tipo de certidão emitida em qualquer cartório do país. Esse serviço já é disponibilizado aos cartórios filiados ao CRC.

O oficial de registro civil da 1ª circunscrição da Capital, Ricardo Kling Donini, também acredita que o serviço não deve demorar para vigorar no Estado e diz que um dos principais benefícios é o fato de que a Receita Federal terá maior facilidade em evitar e descobrir fraudes, realizando um cruzamento de dados mais seguro.

A notícia surpreendeu alguns pais que aguardavam registrar os filhos recém-nascidos no cartório do 2º ofício, localizado na Rua 15 de Novembro. Para o encarregado de obras Luis Felipe Rodrigues, que levava a pequena Ana Clara, de apenas seis dias para ser registrada, acredita que a maior vantagem será no momento de viajar com a criança.

“Hoje as empresas exigem o CPF ou RG, além da certidão de nascimento. Vai ser mais prático”, ressalta Luis Felipe que lamenta perder o benefício por uma questão de semanas.

Sua mulher, a copista Karina de Souza Timóteo, também elogia a iniciativa. “É uma economia de tempo, já que a pessoa que não tem internet não precisará sair de casa para solicitar o documento”, afirma.

Em Mato Grosso do Sul, desde 2012 a inscrição no CPF pode ser feita através do site www.receita.fazenda.gov.br, link "Inscrição CPF Internet". Também é possível buscar outros canais de inscrição, como os Correios, Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions