A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

28/08/2009 15:23

Cidades são pré-selecionadas para recursos da habitação

Redação

O governo federal pré-selecionou 12 cidades de Mato Grosso do Sul para receber recursos do FNHIS (Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social).

O anúncio foi feito pelo senador Delcídio do Amaral (PT-MS), nesta sexta-feira, em Aral Moreira (376 km de Campo Grande). Ele havia discutido a liberação dos recursos diretamente com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef.

Os recursos são para urbanização de áreas onde existem moradias precárias e que receberão casas populares em projetos de desfavelamento.

A lista conta com os seguintes municípios: Tacuru, Sete Quedas, Aral Moreira, Douradina, Dourados, Maracaju, Naviraí, Campo Grande, Itaquiraí, Sidrolândia, Eldorado e Bodoquena.

A decisão sobre a aprovação dos projetos será conhecida em uma reunião do Ministério das Cidades prevista para o dia 2 de setembro.

Campo Grande inscreveu um projeto para receber R$ 14 milhões; Dourados R$ 17,8 milhões; Naviraí R$ 2,1 milhões e Sidrolândia R$ 780 mil. Os outros não tiveram os valores revelados pelo Ministério, mas Delcídio estima que, no total, as 12 cidades deverão receber entre R$ 30 milhões e R$ 35 milhões.

"Fui informado pela ministra Dilma que o FNHIS vai disponibilizar R$ 1 bilhão para custear projetos de desfavelamento em todo o Brasil e que os municípios contemplados não poderão ter nenhum tipo de pendência", disse Delcídio.

Antes de chegar a Aral Moreira, o senador Delcídio do Amaral havia passado por Paranhos, Sete Quedas e Tacuru. Nos três municípios ele foi recebido pelos prefeitos, inspecionou obras, prestou contas do mandato e lançou projetos de desenvolvimento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions